Um pouco mais sobre plásticos

O plástico faz parte da vida cotidiana de todas as pessoas, não é mesmo? Afinal, praticamente todo mundo lida com variados objetos feitos desse material todos os dias, mesmo sem se dar conta.

Por isso, ele é também fundamental no setor das indústrias, promovendo uma série de processos de produção que dependem diretamente das sua propriedades e composições para gerar diferentes tipos de produtos e otimizar etapas da linha produtiva.

No artigo a seguir, conheça mais sobre os tipos de plástico utilizados pela indústria e como eles podem estar mais presentes na sua vida do que você imagina.

Além disso, confira as vantagens de cada item e saiba mais sobre esse material que faz toda a diferença para o mundo como o temos hoje.

Uso do plástico e composição

Considerado um polímero, uma classificação para moléculas grandes e com propriedades especiais, o plástico é originado do petróleo a partir de resinas desse material.

Hoje, é possível gerar diferentes espessuras, formas, tamanhos e composições para esse produto, de forma que ele pode ser resistente, mais fino, mais maleável, transparente, colorido, etc.

Eles podem ser divididos em dois grupos conforme as propriedades de fusão e derretimento, sendo eles os termoplásticos e os termorrígidos.

No primeiro grupo, estão aqueles compostos que amolecem mais rápido e podem ser moldados, o que é o caso da grande maioria do plástico utilizado atualmente pelas Empresas de injeção plástica. Já os que pertencem ao segundo grupo não derretem quando estão sob condições de altas temperaturas.

Uma série de vantagens

O uso do Policarbonato, que é um tipo de plástico muito utilizado na construção civil, por exemplo, tem aumentado e se popularizado em diversos setores e na vida cotidiana, pois apresenta uma grande variedade de características especiais, conferindo uma série de benefícios para as estruturas e os processo onde ele é utilizado.

Tudo isso não é por acaso. Além da alta resistência aos diversos tipos de impacto, torna-se um material inquebrável e sendo muito recorrente na construção de telhados, toldos e coberturas. Vale ressaltar que esse material apresenta alta transparência e é muito leve.

Para você ter uma noção, as chapas feitas desse material são compactas e pesam 50% menos que as mesmas chapas quando feitas em vidro.

Já as chapas alveolares, também muito utilizadas, possuem apenas 10% do peso. Isso gera não só uma instalação mais simples e prática na hora de construir ou reformar, como também economia para o bolso e para o relógio.

Vale lembrar que o Policarbonato compacto preço pode variar de acordo com a quantidade, a espessura, o uso, etc.

Outras características importantes são:

  • Proteção contra chamas;
  • Resistência a intempéries climáticas;
  • Semelhança com o vidro e valor estético;
  • Maleabilidade;
  • Proteção contra raios UV;
  • Eficiência de controle térmico;
  • Versatilidade.

Não é por acaso que a Cobertura em policarbonato tem se destacado cada vez mais no setor da construção civil. Muitas pessoas buscam utilizar o vidro na hora de cobrir um espaço ou de encomendar um toldo para determinados ambientes, mas algumas desvantagens desse material é que ele é muito pesado e seu custo é bem maior. Por isso, o policarbonato se mostra uma alternativa viável, prática, econômica e, principalmente, eficaz.

Utilização das espumas

Poliuretano também é um tipo de plástico muito importante. Este, é formado por ligações uretânicas que geram uma espuma que pode ser mais rígida ou mais flexível, conforme as necessidades de uso. Além disso, esse material pode ser encontrado na composição de:

  • Elastómeros;
  • Adesivos;
  • Selantes;
  • Fibras;
  • Vedações;
  • Tapetes;
  • Peças variadas.

O seu uso mais comum, no entanto, é na forma da espuma, que fica oculta por trás de alguns outros materiais nas mais variadas aplicações. Geralmente, estão entre paredes metálicas ou de plástico, como nos refrigeradores e nas paredes de alvenaria.

Além das Rodas de poliuretano, que são comuns nas indústrias de autopeças e automobilísticas no geral, existem também outras aplicações do material, como na selagem de juntas diversas e até nos móveis domésticos como os sofás e as poltronas.

É fundamental, seja qual for o uso dos plásticos e suas diversas composições, que o material empreendido apresente alto desempenho e qualidade certificada, podendo gerar benefícios diretos para as estruturas e os procedimentos onde são utilizados.

Além disso, cada tipo e modelo deve ser adequadamente aplicado às demandas existentes, de forma a evitar transtornos e prejuízos futuros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *