Qual a importância de ser bilíngue nos negócios?

Quando se fala em trabalho e crescimento profissional, seja pessoal ou da empresa, a importância de ser bilíngue nos negócios é um enorme diferencial. 

Afinal, quando se pensa em expandir seu negócio ou ter certificações internacionais, ou ainda, conseguir parceiros fora do país, ser bilíngue é praticamente uma exigência. 

Mas, se você ainda não sabe a importância de ser bilíngue nos negócios, então entenda as razões por trás disso. Confira! 

 

  • Importância de ser bilíngue nos negócios: muito além dos lucros! 

 

Que toda empresa visa o lucro, isso já se sabe. Porém, você sabia que você deve pensar além dos lucros ou o que saber um outro idioma pode gerar de dinheiro para você no final do mês? 

Claro, não vamos ser hipócritas de dizer que ser bilíngue ajuda muito em conseguir mais clientes e com isso, mais lucros. 

Entretanto, existem uma série de outras razões que podem ajudar muito uma empresa, quando quem a coordena ou quem trabalha nela é bilíngue. Vamos ver quais são. 

 

  • 1 – Melhora do networking 

 

Atualmente, com quem você se relaciona tem um impacto direto em várias áreas. No caso específico do mundo dos negócios, isso se chama networking. 

Imagine que você trabalha em um nicho de produtos. Conhece os fornecedores mundiais? Quais são os principais concorrentes internacionais? O que eles fazem de diferente da sua empresa? 

Com as redes sociais, é possível visualizar diversas empresas do seu ramo. Entrar em contato com outros diretores e CEOs. E isso é networking! 

Mas, como você fará isso se não domina outro idioma, fora o Português? Complicado, não é mesmo? 

Agora, imagine que você está cursando um curso de francês e em breve estará fluente no idioma. 

Torna-se muito mais fácil escrever uma mensagem ou um e-mail para aquele CEO ou diretor de uma empresa fora do país. 

 

  • 2 – Ampliação da cultura 

 

Quando você tem uma posição de destaque, em qualquer empresa, precisa demonstrar conhecimento. 

Ser bilíngue é essencial para você ter acesso à cultura de diversos países. Dessa forma, você conseguirá demonstrar mais conhecimento, bem como transitar por diferentes grupos de maneira bem mais tranquila. 

 

  • 3 – Ter um perfil apropriado à sua função 

 

Muitas pessoas ainda não entenderam que as empresas atuais também olham as redes sociais dos futuros empregados. 

Não são poucas as histórias de quem perdeu o emprego por postar textos completamente preconceituosos ou então inadequados à cultura da empresa que trabalha. 

“Ah, mas é o perfil pessoal, ele posta o que quiser!” – na teoria pode até ser, na prática não é bem assim que funciona. 

De fato, as empresas olham os perfis de todos os candidatos. E quando você é bilíngue, poderá avaliar melhor a qualidade de publicações internacionais e ver se elas estão adequadas à quem você deseja mostrar que é em redes sociais. 

Perfis com muitos xingamentos, por exemplo, são avaliados negativamente por empresas. Bem como perfis com muitos memes ligados à não gostar de trabalhar, não desejar trabalhar, por exemplo. 

Portanto, capriche nas publicações! E ser bilíngue só ajuda na hora de filtrar o que pode ser bom ou nem tanto para seu perfil. 

 

  • 4 – Currículo atualizado 

 

Se você busca um novo emprego, então ser bilíngue pode fazer você ir bem mais longe. Na rede social LinkedIn, é possível se candidatar a diferentes vagas, em diversas empresas. 

Porém, para isso, é essencial que você tenha o currículo no idioma que a empresa exige. Ou seja, ser bilíngue não é somente um diferencial, é uma condição mandatória! 

E como você vai ter seu currículo atualizado, se você não domina o idioma? Aqui entra a importância de escolher um bom curso, estudar e praticar. 

Assim, a cada novo curso ou novas aptidões, você poderá atualizar seu currículo no idioma que aprendeu. Dessa forma, novas possibilidades se abrem em diversas empresas espalhadas pelo mundo, que podem estar procurando um perfil exatamente como o seu! 

 

  • 5 – Não precisa ser bilíngue só quem vai trabalhar no exterior 

 

Por último, uma das razões da importância de ser bilíngue nos negócios é que saber outro idioma não é fundamental apenas para quem vai trabalhar fora do Brasil. 

Existem muitas filiais de empresas francesas, por exemplo, no Brasil. É o caso da Renault, Peugeot, Citroën, por exemplo, que são gigantes no mundo dos automóveis. 

Além disso, L’Oreal, Carrefour, dentre outras empresas também têm empresas no Brasil. Mas a comunicação com as matrizes, localizadas na França, não é feita em Português. 

Portanto, se você pretende ter um cargo de destaque em uma dessas empresas, mesmo trabalhando no Brasil, você precisará ser bilíngue. 

E então, conseguiu visualizar a importância de ser bilíngue para o mundo dos negócios? 

Em resumo, você melhora seu networking, amplia sua cultura, melhora seu perfil em redes sociais, permite concorrer a vagas diferenciadas, tem seu currículo sempre atualizado e por último, pode optar por trabalhar no exterior, como também em cargos diferenciados no Brasil. 

Assim, ser bilíngue vai muito além do que somente trazer benefícios financeiros. Considere um investimento pessoal também! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *