Veja os detalhes da criação de peças na indústria

Pensar na indústria é analisar todos os detalhes que fazem com que os mais diversos setores produtivos continuem funcionando e oferecendo os mais diversos itens e serviços para a sociedade.

Cada peça, cada profissional, cada processo possui certo grau de importância para que a grande “máquina” chamada indústria continue a atuar em todo vapor.

Por isso, conhecer os meandros por trás de processos básicos é uma importante porta de entrada para tentar entender todo o complexo funcionamento de todo o sistema.

É o caso das peças e das ações que são realizadas para conseguir realizar itens dos mais variados tamanhos e finalidades.

Usinagem

usinagem é uma maneira de fabricação usada para produzir objetos de metal.

Nesse processo, os profissionais cortam materiais para alterar tanto a aparência quanto a forma de um produto, conforme o projeto previamente estabelecido.

A usinagem serve, basicamente, como uma alternativa para as outras formas de processos de produção, como a moldagem e a fundição.

Ela é considerada um dos métodos mais eficazes de produzir peças finas, objetos que demandam detalhamento e que não são, muitas vezes, conseguidos por meio das outras técnicas.

A usinagem, portanto, pode ser utilizada para itens como:

 

  • Parafusos de aço;

  • Pelas de metal;

  • Ferramentas manuais;

  • Componentes automotivos;

  • Entre outros.

 

Tipos de usinagem

Moldar por meio do torno é uma das formas usadas para dar contorno ao metal escolhido na usinagem.

Durante o chamado torneamento, os especialistas em metalurgia colocam o material sobre uma peça de equipamento conhecido como torno.

Essa peça gira o metal de modo que ele possa ser moldado ou ainda cortado utilizando ferramentas manuais ou kits voltados para essa finalidade.

Esse tipo de processo pode ser usado com o objetivo de criar um parafuso com a presença de rosca ou fixador semelhante.

A ação pode ser realizada tanto manualmente como de forma automática, com máquinas propícias.

Já a usinagem vertical é um tipo de usinagem em que se tem disponível uma ferramenta de corte rotativa montada em um cabeçote com orientação vertical.

O procedimento é típico de Centro de usinagem vertical em que há a presença de um cabeçote rotativo que se aproxima de cima para baixo, tendo como função trabalhar na superfície superior do material.

Dentre os benefícios desse método, é importante citar questões como: alternativas de 3, 4 e 5 eixos. Estabilidade de temperatura por meio do sistema de refrigeração integral.

CNC conversacional considerado de fácil programação responsável por aumentar a produtividade, entre outros.

Já a usinagem CNC é feita por meio de uma máquina controlada por comandos numéricos.

Ou seja, é um procedimento de fabricação que utiliza computadores para automatizar máquinas e ferramentas em inúmeras etapas da produção.

Os benefícios de se optar por Serviços de usinagem cnc são muitos.

O de maior destaque, talvez, seja a alta precisão com a qual o equipamento opera em peças moldadas.

Detalhista, ele consegue apresentar um ótimo resultado no acabamento final dos itens.

Por oferecerem uma qualidade superior de acabamento, seu custo-benefício é um dos melhores do ramo.

Para que isso aconteça, porém, é fundamental que haja uma preocupação com a formação dos profissionais responsáveis por operar a máquina, já que eles precisam ter grande expertise nesse trabalho.

Fundição de ferro

Fundição de ferro é um dos processos mais utilizados para quem deseja confeccionar peças para os mais variados segmentos.

O processo se constitui, basicamente, em vazar metal líquido em um molde contendo o formato da peça demandada e, depois, é necessário reservar para que esfrie e solidifique.

O resultado disso é a peça fundida que deve ser retirada do molde para concluir o procedimento. Em alguns casos, a forma deve ser quebrada para ser possível ejetá-la.

Esse processo com o ferro oferece inúmeros benefícios.

Afinal, é por meio da fundição que se é possível obter peças mais complexas que seriam mais difíceis ou ainda mais caras de serem produzidas por outros meios.

A consolidação desse processo ao longo dos anos serve para comprovar sua eficácia.

Conhecer a produção de peças é perceber a importância dos detalhes no setor industrial e como cada item – seja ele pequeno ou grande – funciona como uma verdadeira engrenagem.

Sem cada processo e inovação, muito do que a sociedade consome da produção industrial hoje, poderia ser algo menos acessível, impopular e mais caro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *