Aprenda sobre os tipos de indústria

Depois da Revolução Industrial ficou impossível viver sem as indústrias. Elas produzem uma infinidade de produtos, dividindo-se em diversos segmentos. Há a indústria farmacêutica, química, alimentícia, enfim, um grande leque.

Por conta disso, neste artigo, você vai conhecer mais sobre três das indústrias mais importantes.

A indústria da madeira

Uma das maiores do Brasil, a indústria madeireira é responsável por fornecer o material utilizado pelas marcenarias e carpintarias. É uma indústria de base muito importante e as suas atividades costumam incluir:

  • Extração da madeira;
  • Corte;
  • Armazenamento;
  • Tratamento bioquímico;
  • Modelagem da madeira;
  • Finalização.

No Brasil, a indústria madeireira é muito forte, pois o país é um dos maiores exportadores e consumidores de madeira do mundo.

Entretanto, também é uma indústria sempre envolvida em polêmica, por conta do desmatamento da Amazônia. A exploração ilegal da madeira é, infelizmente, muito comum no país, gerando diversos prejuízos ambientais.

No entanto, é necessário entender que há formas viáveis, ambientalmente falando, de explorar a madeira.

A madeira de reflorestamento se torna cada vez mais comum, assim como práticas de reciclagem, como é o exemplo da madeira de demolição.

No Brasil, a fiscalização e controle desse setor é alta. O material é tão desejado por diversas de suas propriedades, como a durabilidade, a beleza, a dureza, o conforto térmico e acústico.

Vale lembrar que existem diferentes estilos de madeira e que as mais raras não são usadas nessa indústria, em prol da preservação da espécie.

A importância do petróleo

Outra indústria muito importante é a do petróleo, uma das substâncias mais valiosas no mundo atual, se não a mais valiosa.

Assim como a indústria da madeira, existem questões ambientais que estão sempre presentes quando se fala do setor. Afinal, o petróleo não é renovável, o que significa que seu uso não é sustentável ao considerar o longo prazo. Além disso, os combustíveis gerados a partir dele são poluentes, liberando gás carbônico na atmosfera.

Ainda assim, o petróleo é uma substância que revolucionou o mundo e sua importância é imensa. Ele é a principal fonte de energia atualmente e é por meio dele que se consegue diesel, gasolina, polímeros plástico e outros produtos, até mesmo medicamentos.

Nessa indústria, a primeira etapa é a extração de petroleo, que é muito trabalhosa e cara.

Como o petróleo é resultado da fossilização de matéria orgânica ao longo dos anos, ele se encontra no subsolo. É preciso utilizar máquinas de grande porte e potência para conseguir chegar até ele, perfurando o solo.

Nos casos em que ele se encontra em território marítimo fica ainda mais complexo.

A destilação do petroleo permite que esse óleo se converta em produtos úteis. É uma destilação fracionada, que se baseia em aquecer a substancia e fazer a separação com uma torre.

As caldeiras são usadas no aquecimento, que aumenta a sua temperatura para liberar diferentes produtos. Nas temperaturas mais baixas se consegue, por exemplo, a nafta, a gasolina, o querosene. Já nas mais altas, que podem chegar aos 600ºC, consegue-se produtos como óleo lubrificante e gasóleo pesado.

Depois de refinado, é necessário tomar muito cuidado com o transporte dos derivados. Eles devem ser levados em recipientes próprios e com muita segurança, pois vazamentos podem gerar graves problemas ao meio ambiente. Além disso, trata-se de material inflamável.

A indústria metalúrgica

A metalurgia é o estudo de metais e essa indústria é uma das maiores que existe, pois a maior parte das máquinas (inclusive utilizadas em outras indústrias) são feitas desse material. A metalurgia é um ramo amplo, que engloba a extração dos metais, sua fabricação, os processos de transformação para modificar suas propriedades e a formação de ligas metálicas, dentre outras atividades.

Essa indústria possui diversos segmentos e um dos mais relevantes é o da siderurgica, considerada uma indústria de base.

Esse segmento trabalha com ferro e aço fundidos, fabricando principalmente barras e chapas metálicas. Esses materiais são geralmente usados por outras indústrias para fabricar máquinas e equipamentos.

A principal característica de uma usina siderúrgica é a presença de grandes caldeirões, geralmente utilizados para mudar o estado do metal de sólido para líquido. Com o metal líquido, é possível moldá-lo em qualquer formato, utilizando moldes. Isso porque ele se solidifica novamente com o passar do tempo, com a temperatura diminuindo novamente.

Em conclusão, cada indústria ocupa um espaço de importância na economia e muitas delas interagem entre si. Mas, independentemente do setor, dentro das fábricas, a segurança e preocupação com o meio ambiente devem ser prioridades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *