Conheça alguns modelos de válvulas do mercado

As válvulas podem ser consideradas estruturas essenciais dentro dos mais variados processos. Na indústria, não poderia ser diferente.

Todavia, é fundamental ressaltar que existem válvulas específicas para cada função. Por isso, qualquer equipamento pode ser prejudicado ou ter o seu funcionamento reduzido caso não haja um cuidado com a escolha desse item.

Para esclarecer, a válvula é um dispositivo que tem, como função principal a regulagem de fluxo de um fluído que pode ser em forma de:

  • Gases;

  • Líquidos;

  • Óleos;

  • Águas;

  • Ou outros materiais.

O dispositivo abre ou fecha, controlando a entrada e saída de inúmeras substâncias.

Em diversas máquinas e equipamentos no setor industrial, são empregados inúmeros tipos de válvulas para o funcionamento pleno de tubulações, caldeiras e outros equipamentos.

Tendo consciência de sua importância, é fundamental conhecer um pouco mais de alguns tipos de válvulas que se destacam por sua atuação e popularização no ramo.

Válvulas pneumáticas

As Válvulas pneumáticas fazem parte de um conjunto de automação de um processo eletropneumático ou pneumático.

Também conhecida como válvula direcional, esse item tem função de controlar a direção, pressão e/ou a vazão do ar comprimido.

Isso porque tem como objetivo movimentar ou acionar um cilindro, um atuador ou ainda outros mecanismos responsáveis pela automação de equipamentos.

Essa válvula pode trabalhar isoladamente ou em um conjunto de válvulas, todas instaladas em bloco manifold.

O manifold pode ser montado, inclusive, no painel com outros elementos de controle, usualmente circuitos ligados em CLP.

Essa ação traz economia de espaço e ainda diminui o tempo em instalações, abrangendo apenas uma única entrada de ar e mesma saída de escapes das válvulas.

Para potencializar sua definição, é imprescindível diferenciá-la da válvula solenoide de processo.

Enquanto a primeira é uma espécie de solenoide eletro-mecânico que, quando energizado por eletricidade, abre uma válvula sob de pressão de ar positiva ou negativa.

Ativando o cilindro ou atuador sob nível de pressão; a segunda, em geral, utiliza o processo de indução elétrica, composto de um enrolamento de fio em torno de um eixo móvel que, ao ser energizado, permite a passagem do fluido, podendo trabalhar com inúmeros elementos.

Uma das aplicações mais populares da válvula solenoide está nos sistemas de refrigeração. Elas são utilizadas em aparelhos de ar condicionado para mudar a direção do fluxo do refrigerante.

Isso faz com que eles possam ser usados para refrigerar no verão e para aquecer no inverno.

Válvula de expansão termoestática

Esse tipo de válvula regula a injeção de líquido refrigerante nos evaporadores. A injeção é contida em função do superaquecimento do refrigerante.

Por esse motivo, a Válvula de Expansão Termostática é notadamente apropriada para a injeção de líquido em evaporadores secos, nos quais o superaquecimento, na saída do evaporador, pode ser considerado proporcional à carga dele.

Sem ela, o aparelho de ar condicionado apenas sopra o ar, sem qualquer efeito em relação à temperatura, graças à taxa não controlada de fluxo de gás refrigerante.

No caso da válvula de expansão automática, quando o ciclo do compressor é desligado, a peça se fecha suavemente.

A vaporização do refrigerante continua, mas não é removido o gás pelo compressor, a pressão do evaporador aumenta e fecha a válvula.

Válvula reguladora de pressão

Esse tipo de válvula é um regulador responsável por evitar a flutuação da pressão no sistema, controlando a pressão à medida que é percorrida por meio de um atuador ou mesmo outra parte de um sistema pneumático.

Para a pressão do ar dentro de uma faixa de pressão apropriada, é recomendado que a pressão esteja ajustada baixa o suficiente para que possa variar entre, sem alterar os requisitos mínimos e máximos do sistema.

Em algumas aplicações, uma Válvula reguladora de pressão poderá garantir que a saída de pressão de ar permaneça constante, independente das alterações de pressão em pontos anteriores no sistema e mudanças no fluxo.

Já outras finalidades exigem que os reguladores de pressão baixem o índice para que o ar não seja desperdiçado enquanto ainda atende às condições básicas de pressão da peça.

Além das válvulas, para reforma e construção na indústria, também é necessário prestar atenção em outras questões como a escolha do tubo e conexão necessários, para que também sejam instalações tecnológicas e eficientes para condução de ar e de outros tipos de fluidos.

A escolha, no geral, deve passar por processos rigorosos de análise de necessidades e, é claro, de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *