Tipos de válvulas e suas funções

As válvulas são fundamentais para diferentes setores da indústrias, pois elas oferecem alta performance na condução de fluidos em uma série de sistemas. Como existem diversos modelos, como a valvula reguladora de pressão, e cada uma delas possui uma finalidade específica, é importante conhecer mais sobre os modelos disponíveis.

Alguns dos tipos mais comuns são:

  • Válvula borboleta;
  • Válvula de retenção;
  • Válvula esfera;
  • Válvula globo.

No artigo a seguir, fique por dentro do mecanismo de algumas válvulas extremamente importantes para o setor industrial e saiba mais sobre seu desempenho para a otimização do ambiente de produção.

Válvulas de gaveta

Um dos tipos mais comuns em uma grande variedade de demandas dentro das indústrias, a Válvula gaveta é altamente aplicável.

Esse item realiza o deslizamento de um disco inserido no próprio fluxo do fluido em questão. Por isso, seu nome.

O funcionamento dessa válvula é semelhante ao de uma gaveta. Quando penetra no fluido e impede a passagem, o disco está dentro, e quando sai, a condução é novamente liberada. Assim, esse dispositivo é utilizado como uma válvula para realizar o bloqueio da fluidez, sendo indicado para diversas etapas de produção.

Tanto em sistemas de líquido bruto quanto de água, as válvulas de gaveta estão sempre na posição fechada ou aberta, conforme a necessidade do uso.

Ao ficar totalmente aberta, a passagem do fluido é facilitadas e, com isso, pode haver perda de carga, mesmo que pequena. Ao ficar parcialmente aberta, por sua vez, há uma perda de carga bem maior.

Válvulas solenoides

A valvula solenoide é empregada em muitas demandas que fazem parte do cotidiano de algumas pessoas, como as caixas d’água e os sistemas de irrigação.

Conforme a necessidade da aplicação, o seu mecanismo pode contribuir para o controle da condução de água e outros líquidos em diferentes procedimentos, inclusive industriais.

Existem diferentes tipos e eles podem ser combinados a sistemas que realizam a programação operacional do maquinário de uma linha de montagem, por exemplo. Desse modo, essas válvulas são aplicadas em muitos projetos.

A Válvula solenoide para água apresenta, portanto, a possibilidade de controlar de forma mais dinâmica e eficiente o fluxo dos fluidos que fazem parte de processos de montagem e produção, garantindo os resultados planejados.

Segurança

Um procedimento fundamental, não apenas quando estamos falando de válvulas, mas também para avaliar as condições de precisão de muitos equipamentos que precisam fornecer dados mais exatos, a calibração é uma etapa de verificação e regulagem.

Vale destacar que é necessário calibrar os dispositivos periodicamente, pois dados errados podem causar falhas e prejuízos.

No caso das válvulas de segurança, as vantagens são ainda mais benéficas para os setores industriais, pois garantem o funcionamento de válvulas fundamentais para diversas operações.

As válvulas de segurança têm como principal finalidade o alívio da pressão de fluidos compressíveis, como é o caso dos gases e do vapor. Isso é feito por meio de uma abertura instantânea.

O fornecedor do produto deve ser comprometido com o alto padrão de qualidade para oferecer um dispositivo com o funcionamento correto e otimizado, conforme as normas regulamentadoras.

O monitoramento periódico e as inspeções são, portanto, indispensáveis para garantir as medidas de segurança mais eficientes.

A Calibração de valvulas de segurança é realizada através de uma série de procedimentos técnicos que verificam as condições do aparelho. Para isso, realiza-se:

  • Testes;
  • Limpezas;
  • Remontagens;
  • Relatórios.

Tudo isso pode indicar de forma correta se o equipamento está em boas condições de uso.

Uma das maiores vantagens desse processo é que as interrupções na produção por conta de falhas não será mais um problema. Ao tomar medidas de prevenção e realizar os reparos e as observações de estado com antecedência, a linha produtiva se torna muito mais ágil, otimizada e de qualidade.

Existem muitas situações problemáticas que podem desencadear em um mau funcionamento das válvulas de segurança. O entupimento e a corrosão agressiva são dois fatores.

Além disso, a manutenção preventiva vem justamente para evitar problemas que podem atrapalhar a rentabilidade da empresa no futuro.

O mais importante é sempre contar não apenas com produtos de qualidade, mas com profissionais capacitados para as atividades que demandam o uso das variadas válvulas existentes no setor industrial.

Isso garante a segurança de todos e permite que a linha de montagem ou produção seja mais otimizada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *