Tipos de bombas hidráulicas

Existe uma série de equipamentos no mercado que, apesar de serem desconhecidos pelo público em geral, são fundamentais no cotidiano da população.

A bomba de água é um ótimo exemplo disso, já que ela é versátil e tem as mais diversas aplicações. Entre elas, estão:

  • Caixas d’água;

  • Piscinas;

  • Indústrias;

  • Estruturas de irrigação em lavouras.

O motivo por trás de tamanha versatilidade é o fato de que a função realizada por esse equipamento é extremamente importante – ele é capaz de bombear a água de um local ao outro.

Por mais que a funcionalidade de tal equipamento seja sempre a mesma, é preciso ter em mente que ele está disponível no mercado nos mais diversos modelos.

Isso, por sua vez, faz com que a bomba centrífuga preço varie muito. Além disso, cada tipo de bomba deve ser usado em situações muito específicas, o que, por sua vez, faz com que a pesquisa a respeito de todos seja fundamental.

Quer aprender mais sobre isso? Então continue lendo e confira algumas informações importantes sobre cada modelo de motobomba disponível no mercado, assim como o contexto no qual eles deve ser utilizados.

  1. Bomba centrífuga

Entre todos os modelos disponíveis, a bomba de água centrífuga é a mais usada no mercado. O motivo por trás disso é o fato de que ela é um aparato intermediário, tanto na altura máxima de bombeamento quanto na vazão, o que, por sua vez, faz com que ela seja apropriada para contextos muito diversos.

Apesar disso, é preciso ter em mente que esse tipo de bomba está disponível em muitos modelos. Por essa razão, é fundamental pesquisar a respeito de todos, de modo a saber qual é o mais apropriado para a sua casa ou empresa.

Uma delas é a bomba centrífuga auto aspirante: projetada para funcionar sobre o solo ou a poucos metros dele, não em instalações subterrâneas profundas, ela dispensa a instalação de uma válvula de retenção para auxiliar em sua operação, já que ela já vem embutida no item.

Além disso, ela tem como vantagens o fato de que pode impulsionar grandes volumes de água em um bom nível de pressão.

Do mesmo modo, há um modelo que é apropriado para situações nas quais o bombeamento vertical não é necessário: a bomba centrífuga horizontal.

Devido a essas características, ela costuma ser usada em estruturas menos robustas, nas quais não há a necessidade de uma potência tão alta.

  1. Bomba auto escorvante

Por mais que as motobombas centrífugas sejam versáteis e apropriadas para boa parte das tarefas, há casos nos quais a presença de um item mais robusto é necessária.

Felizmente, há um modelo de motobomba pensado especialmente para essas circunstâncias: a bomba auto escorvante. Ela se diferencia não apenas por ter mais potência de vazão e pressão, com, também, pela capacidade de impulsionar fluidos que tenham partículas sólidas relativamente grandes como parte deles (até 76 milímetros).

Esse, porém, não é o único diferencial desse modelo de motobomba. Ela também se distingue por ter uma estrutura mais robusta que a média, por ser mais resistente à abrasão e por ter uma vida útil mais longa. Além disso, ela dispensa o uso da chamada válvula de pé, sendo capaz de captar o líquido a ser bombeado de forma autônoma.

  1. Bomba injetora

Por mais que as motobombas para o impulsionamento de água sejam as mais comuns, tais equipamentos são usados para bombear muitos outros tipos de fluidos. Eles estão presentes até mesmo nos motores de automóveis, onde têm a função de suprir seus componentes com os fluidos necessários ao seu funcionamento.

Um dos exemplos mais conhecidos disso é a bomba injetora. Como o seu próprio nome diz, tal item tem a função de alimentar os motores a diesel com esse combustível, o que, por sua vez, viabiliza o seu funcionamento.

Consequentemente, caso ela apresente qualquer tipo de defeito, é praticamente certo que o veículo não será capaz de operar normalmente.

Vale ressaltar que, assim como no caso de outros tipos de motobombas, esse item está presente em mais de um modelo. Enquanto a bomba em linha envia o diesel para cada um dos injetores em uma quantidade superior, uma bomba rotativa trabalha com uma capacidade inferior, além de ter menores dimensões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *