Saiba mais sobre o sistema de exaustão industrial

Os galpões industriais em muitos segmentos da indústria são ambientes fechados, onde há manipulação de elementos químicos com a liberação de gases e vapores. Para controlar a qualidade do ar do ambiente e não prejudicar a saúde dos colaboradores da indústria, os sistemas de exaustão e ventilação são indispensáveis.

Tratam-se de sistemas que para serem desenvolvidos e implementados dependem do empenho de profissionais capacitados e com experiência na área.

Aplicações do sistema de exaustão industrial

A necessidade de exaustão se faz presente em diversos processos industriais, e até no dia a dia. É possível encontrar muitos exemplos em que é empregada para:

  • Garantir a segurança dos colaboradores da indústria;
  • Filtrar o ar dos ambientes, removendo partículas e poluições;
  • Reter odores resultantes dos processos industriais;
  • Reter vapores e umidades presentes no ar.

Segurança

A segurança dos funcionários de um empreendimento pode estar comprometida dependendo dos gases e vapores liberados durante os processos. Eles podem causar desconfortos, queimaduras, ou alergias.

Outros gases podem ser mais tóxicos, levando a asfixia, como o Dióxido de Carbono, ou ao envenenamento, como os gases Monóxido de Carbono e Gás Sulfídrico, que têm alto poder letal.

Gases corrosivos também são mantidos em confinamento, com tubulação e equipamentos devidamente tratados para o contato.

O exaustor industrial é essencial para a remoção e confinamento desses gases, uma importante medida de segurança e de proteção do patrimônio da indústria.

Filtragem

Processos industriais podem liberar materiais primas pulverizadas, suspensas no ar do interior do ambiente. Dependendo da natureza da poluição, a exposição prolongada pode levar à inalação das partículas, resultando em danos para os tecidos pulmonares dos colaboradores da indústria.

A exaustão arrasta as partículas para os filtros, e toda a poluição presente no ar é tirada de circulação dos ambientes internos. Ao mesmo tempo, o ar é filtrado antes de ser liberado para atmosfera, o que torna os processos ambientais mais corretos ecologicamente.

Retenção de odores

Da mesma forma que uma produção pode liberar gases e partículas, pode também soltar odores. Os odores podem ser extremamente prejudiciais para a produtividade dos funcionários, muitas vezes com consequências físicas, como náuseas ou enjoos.

Retenção de vapores e umidade

Para exemplificar a importância de reter vapores basta pensar em uma cozinha industrial: os processos de cozimento soltam gorduras e fluidos nos vapores, eles entram em contato com superfícies mais frias e se solidificam, resultando no acúmulo de gordura.

O mesmo acontece na indústria, quando os processos soltam vapores carregados de insumos. Para que eles não se prendam às superfícies do ambiente, é preciso que eles sejam captados pelo sistema de exaustão.

Tubulações

O sistema de exaustão e ventilação de uma indústria ou empreendimento deve ser projetado de acordo com as necessidades especiais do local, levando em conta a produção em questão. Por isso, é preciso que o profissional responsável faça um estudo completo do ambiente antes de desenvolver um projeto.

De uma maneira geral, um sistema de exaustão é composto por um captador de ar, rede de dutos com conexões de latão ou de outros materiais, um exaustor, filtros, uma caixa de ventilação e outros elementos para o tratamento do ar.

As tubulações podem ser feitas de diversos materiais, dependendo do nível de resistência necessário. Os mais utilizados são o aço galvanizado com ou sem pintura, o aço inox liso ou escovado, PVC e entre outras opções.

Em alguns casos pode ser preciso instalar um purgador termodinâmico para vapor.
É uma válvula automática com capacidade para drenar o ar condensado, mantendo o vapor considerado útil dentro das tubulações.

Compressor de ar

Uma ferramenta que também depende de tubulações próprias nos ambientes industriais, empregada para a captar o ar presente na atmosfera, armazenar e transformar em ar comprimido é o compressor de ar.

O equipamento é utilizado para diversos tipos de atividades e está disponível no mercado com potências variadas, de acordo com a destinação esperada para o equipamento.

Há modelos voltados para os serviços gerais, para sistemas industriais e processamento de produtos, compressores de refrigeração ou para serviços a vácuo.

A conexão de um compressor industrial à rede de ar comprimido costuma ser feita com mangueira de borracha específica para ar comprimido.

Como em todo os sistemas que envolvem o complexo universo da indústria, a qualidade dos materiais é essencial para a produtividade e segurança no ambiente industrial.

A qualidade nos materiais das tubulações é de extrema importância devido aos riscos de trepidação, expansão térmica, choque mecânico ou térmico, dependendo da natureza das produções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *