Movimentação de cargas com máxima eficiência

A movimentação de cargas é uma técnica usada para içar, transportar e deslocar cargas fazendo o uso de máquinas, como esteira, equipamentos ou manualmente. O principal objetivo dessa técnica é facilitar o transporte, a montagem, além do armazenamento das cargas.

Além disso, ele visa diminuir ou mesmo eliminar todos os possíveis riscos ergonômicos que possam ser causados ao fazer a movimentação de cargas de forma manual, como movimentos repetitivos, esforço físico intenso, levantamento e transporte manual de peso.

Uma ponte rolante é um equipamento usado para içar cargas, ou seja, para elevá-las. Ela é composta, basicamente, por uma viga, carro e talha.

As pontes rolantes podem ser móveis ou fixas, sendo responsáveis por fazer a manipulação de objetos grandes e pesados, que não podem ser movidos de forma fácil manualmente.

Principalmente nas indústrias do segmento siderúrgico, esse tipo de ponte, com controle remoto para ponte rolante, é encontrada, para auxiliar no processo de fabricação do aço.

A ponte rolante também é encontrada em, praticamente, todos os portos do mundo, pois fazem o transporte de objetos de dentro para fora dos navios.

Os guindastes são muito grandes e possuem alto custo de aquisição, mas o investimento vale a pena nesses casos.

Um item muito importante na operação de transporte de materiais e que dá suporte à correia utilizada nesse processo são os roletes de carga.

Há no mercado diversos tipos deles, podendo ser encontrados em formatos diferenciados, como paralelos, usados para trechos retilíneos ou cônicos, que são empregados em caso de curvas.

Eles dão o apoio necessário para a correia enquanto ela está sendo carregada. Uma das principais vantagens do uso de roletes de carga é sua alta capacidade de carga, além dele permitir o transporte de diferentes tipos de materiais.

O processo de fabricação desses itens faz com que eles consigam suportar longos períodos de trabalho, sem causar interferências que possam prejudicar o desempenho e os resultados.

Os roletes de carga são muito resistentes e possuem boa durabilidade, fornecendo o auxílio necessário para que o processo de transporte de materiais seja agilizado.

É importante procurar uma empresa que forneça materiais de qualidade para não comprometer o funcionamento de todo o sistema.

Outros itens usados na movimentação de carga

Os equipamentos mais comuns que são usados na movimentação de carga são:

  • Guindaste;
  • Empilhadeira;
  • Ponte rolante;
  • Elevador de carga;
  • Guincho;
  • Talhas;
  • Caminhão munck;
  • Ascensores.

No caso dos acessórios, os mais utilizados são:

  • Cabos de aço;
  • Ganchos;
  • Esticadores;
  • Sling;
  • Rolamento;
  • Moitão;
  • Correntes;
  • Cintas;
  • Manilhas;
  • Roldanas;
  • Soquete.

Indústria do aço

O aço é um material muito usado desde quando descobriram que o ferro se tornava mais resistente quando era colocado em fornalhas de carvão.

Na época dos impérios romanos, gregos, persas e chineses, o aço servia para confeccionar armas e armaduras bem resistentes que eram usadas pelo exército.

Já no século XIV, o aço passou a ser usado para fins bélicos. Com o descobrimento da pólvora, os europeus criaram armas e os canhões começaram a ser feitos com uma chapa de aço no formato de tubo.

Depois disso, o aço passou a ser inserido na construção civil. No decorrer da Revolução Industrial, o surgimento do trem ocorreu a partir do aço e vapor combinados.

O uso do aço ferramenta, com o objetivo de fabricar equipamentos, compor grandes construções e ferrovias, só aumentou no decorrer do tempo.

O aço é muito usado porque apresenta diversas vantagens, como resistência, é um material muito durável, reciclável e, apesar de ser leve, suporta muito peso. No entanto, para fabricar o aço é preciso obedecer a uma burocracia, poisa fabricação deve estar de acordo com diversas leis e restrições.

Trata-se de uma liga de ferro e carbono composta por minério de ferro, carvão e cal. A fabricação do aço envolve quatro etapas, a primeira delas é a preparação da carga, a segunda é a redução, em um terceiro momento, é feito o refino do aço e, por fim, a laminação.

Diversos produtos que usamos no dia a dia possuem tubos de aço em sua composição.

Muitos objetos, como cadeiras, mesas, grades, portões, corrimões, peças para máquinas, sistemas de condução industrial, automóveis são compostos por tubos de aço, que podem ser de diferentes dimensões e formatos, ou seja, redondos, quadrados e retangulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *