industrial

Instalação industrial: especificações técnicas

A construção de uma empresa do setor industrial demanda planejamento estratégico, para que possa atender à demanda de produção dos bens de consumo que se propõe fabricar.

São necessários diferentes profissionais, diretos e indiretos, que atuam com maquinários próprios e precisam ser instalados de maneira correta. Os cuidados com a fauna e a flora local também devem ser pensados, respeitando a legislação ambiental vigente.

A poluição industrial é fiscalizada por órgãos públicos e organizações não governamentais assiduamente. Caso algo esteja fora do padrão exigido, ou das normas regulamentadoras implementadas, pode ocorrer a emissão de multas e, em casos extremos, até mesmo o fechamento do local.

Para que isso não ocorra, são contratadas empresas de montagem industrial, que desenvolvem projetos personalizados e que atendem as necessidades de cada área produtiva.

Ambiente favorável para o trabalho contínuo

A montagem industrial é um processo recorrente no setor, onde as máquinas e ferramentas instaladas precisam ser adequadas para o funcionamento de uma linha de produção. Além disso, com uma agenda periódica são implementadas manutenções recorrentes, que podem ser preventivas ou corretivas.

O espaço de trabalho precisa ser adequado para a mobilidade dos trabalhadores, em um sentido contínuo desde a entrada da matéria-prima, até a saída final dos bens de consumo produzidos. Sendo assim, uma estrutura metálica para galpão preço varia conforme o tamanho da construção e da necessidade de instalação de áreas distintas, como:

  • Diretoria administrativa;
  • Setor de Recursos Humanos;
  • Chão de fábrica;
  • Centro de distribuição.

Há outros espaços importantes dentro de uma área dedicada à indústria, como oficina de usinagem, garagem para veículos, depósito para estoque de materiais e bens de consumo. Até mesmo as estações de tratamento de água e esgoto fazem parte das instalações industriais modernas.

Um exemplo de projeto que se preocupa em relação ao meio ambiente é a industria de galvanoplastia, tão necessário para o emprego de camadas metálicas sobre as superfícies distintas.

Com diversos produtos presentes no dia a dia da sociedade, esse procedimento é necessário e eficiente, mas demanda cuidados específicos.

Como a água está entre as matérias primas para a realização da galvanoplastia, tanto para servir como base de elementos químicos metálicos, quanto para a limpeza final, ela precisa passar por um tratamento adequado antes de chegar a rios, lagos e até mesmo em lençóis freáticos.

Laboratório químico promove pesquisa setorial

Assim como as estações de tratamento de água e esgoto também fazem parte da montagem industrial, com estudos e pesquisas recorrentes das condições desse elemento valoroso e tão importante em todos os aspectos.

Os laboratórios químicos instalados dentro do ambiente industrial verificam as condições da água após a passagem pela linha de produção.

Por isso, a necessidade de equipamentos modernos e eficientes se faz presente nesse espaço, com tubos de ensaio e camera para microscopio para registrar fotos em alta resolução e identificar resíduos poluentes.

O acompanhamento constante dos recursos naturais utilizados dentro do ambiente industrial reduzem, de maneira considerável, as propriedades poluentes que podem prejudicar a natureza do entorno e além.

As estações de tratamento de água promovem uma redução eficiente dos poluentes, empregando uma destinação correta de metais pesados e outras partículas. Os filtros implementados possuem alta capacidade de retenção de poluentes, sendo identificados posteriormente nos laboratórios químicos.

A separação de solutos e solventes passa por um processo denominado membrana osmose reversa, onde é possível destinar a água de reuso para áreas de resfriamento de máquinas, limpeza de equipamentos e sistema hidráulico de vasos sanitários e rega de jardim.

Teste de verificação de máquinas da linha industrial

A linha industrial deve manter o funcionamento constante, pois são diferentes setores interligados e que dependem uns dos outros para dar continuidade no processo de fabricação dos bens de consumo.

A manutenção preventiva recorrente impede a parada de máquinas, com algumas recebendo tratamento de identificação de falhas, medição de fluxo e espessura, utilizando ferramentas associadas a acoplantes para ensaio de ultrassom.

Como a automação industrial exige componentes modernos em toda a sua estrutura física projetada pela equipe de montagem de equipamentos, maquinários e instrumentos, esses ensaios são necessários e recorrentes.

A formalização de uma equipe de manutenção faz parte do quadro de funcionários que devem estar atentos constantemente. Os profissionais devem identificar as necessidades de conserto ou substituição de peça, mesmo que seja um relé de estado sólido, um semicondutor presente em diversos equipamentos.

Por fim, é importante reforçar que cada instalação industrial depende de maquinários eficientes, contratação de mão de obra especializada e acessórios secundários que, para muitos pode passar despercebido, mas possuem funções que justificam todo o investimento ao longo do tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *