Instalação e segurança adequada para moegas para grãos

Os mais variados segmentos dentro das fábricas e indústrias precisam contar diariamente com uma série de normas e obrigações técnicas que tornam os procedimentos internos muito mais otimizados, e, claro, seguros.

Desse modo, é importante que todos os ciclos de produção estejam de acordo com as previsões legais de segurança do trabalho.

Mas quais são as normas mais importantes nesse contexto? E quando estamos falando de moegas voltadas para tratamento e armazenamento de grãos, o que é importante saber?

Se você quer conhecer mais sobre o tema e ter acesso às respostas para essas perguntas, continue acompanhando o artigo a seguir.

Além disso, conheça também algumas das mais importantes normas regulamentadoras e saiba como o trabalho das Empresas de Segurança no Trabalho pode não apenas produzir mais rentabilidade no setor industrial como também garantir a promoção de segurança e proteção no cotidiano das fábricas do segmento em questão.

Moegas

Quando estamos falando do armazenamento de grãos, que é essencial para indústria de segmentos agrícolas, por exemplo, os silos são os equipamentos que merecem mais destaque por realizarem esse papel com alto desempenho em segurança e confiabilidade.

Além dos grãos, porém, eles podem armazenar também materiais secos a granel, como:

  • Cereais;
  • Cimento;
  • Cal;
  • Minérios;
  • Materiais químicos.

Já quando estamos falando da Moegas para grãos, seu uso está diretamente relacionado a procedimentos de dosagem dos materiais que são armazenados no setor dentro dos silos, de modo que eles possam ser ensacados posteriormente e conduzidos até os pontos onde serão comercializados.

Dessa forma, a confecção em aço inox ou mesmo em aço carbono é um dos principais benefícios doa moegas, pois assim elas se tornam muito mais duráveis e podem ser utilizadas por um longo período de tempo nos segmentos onde sua aplicação é indispensável de forma cotidiana.

Sem a necessidade de estar sempre trocando-as, portanto, é possível contar com mais rentabilidade e economia.

Tudo isso sem falar no acabamento sanitário das moegas, que é ideal para garantia a sua qualidade. Vale lembrar que todos os testes e ensaios, como o de estanqueidade, são necessários para que seja possível obter resultados confiáveis e seguros na utilização desses equipamentos, evitando transtornos como rachaduras e trincos (que geram vazamentos).

Vale lembrar que a limpeza de todos os componentes empregados no setor deve ser feita conforme as regras vigentes, sendo ideal a utilização de Escovas industriais, que possuem formatos específicos para a aplicação em diferentes tipos de tubulação.

Suas cerdas, portanto, são especiais e contam com resistência máxima nesse tipo de segmento.

Combate a incêndio

Entre as medidas que devem ser tomadas para a promoção de mais segurança dentro dos segmentos industriais, especialmente quando estamos falando do manuseio de materiais que podem ser inflamáveis, o Projeto de prevenção de incêndio está entre os mais importantes.

Fazem parte desse projeto as plantas dos locais que precisam ser devidamente regularizados, contendo plantas baixas, fachadas, cortes, etc.

Além disso, os memoriais construtivos, laudos realizados e demais documentos que são pertinentes nesse contexto também devem ser colocados sob aprovação do órgão regulamentador.

Alguns dos itens que são levados em conta nesse tipo de certificação são:

  • Hidrantes;
  • Sprinklers;
  • Alarmes;
  • Extintores;
  • Sinalização de emergência.

Perfil Profissiográfico Previdenciário

Já o PPP Segurança do Trabalho deve ser obtido obrigatoriamente por todo tipo de empresa, dentre elas as fábricas e indústrias, e tem como objetivo principal a documentação correta de todo o histórico de atuação ocupacional do colaborador enquanto vinculado ao empreendimento em questão.

São diversas as informações contidas nesse laudo, como os dados administrativos referentes à contratação do funcionário e ao local onde ele trabalhou anteriormente.

Além disso, devem constar também os serviços realizados, o tempo que trabalhou na função atual e os registros ambientais, bem como os resultados da sua monitoração biológica.

Norma Regulamentadora Número 10

Uma das demandas mais importantes na promoção de segurança interna é a devida Adequação NR10, que é uma norma regulamentadora voltada especialmente para a garantia de proteção no trabalho relacionado às instalações elétricas e à sua qualidade de funcionamento.

Desse modo, essa norma visa fazer a análise especializada de óleos isolantes, de qualidade de energia e também do banco de capacitores automáticos.

O mais importante, seja quando estamos falando desse tipo de adequação ou da obediência às demais normas vigentes, é garantir a supervisão de profissionais e empresa devidamente capacitados para oferecerem os resultados mais assertivos e satisfatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *