indústria

Indústria: o transporte de cargas e a segurança

Dentro de uma indústria, existem vários sistemas que atuam de maneira integrada para favorecer o seu funcionamento. Entre esses sistemas, podemos destacar os sistemas elétricos, assim como os pneumáticos e hidráulicos, que são compostos por tubulações e outros itens, como a mangueira flat.

Este tipo de mangueira possui uma tubulação de PVC (Policloreto de Vinila) em sua parte interna, que é flexível e possui um reforço de vários fios de poliéster.

Este tipo de mangueira é considerada como leve e é ideal para procedimentos onde existe a necessidade de realizar uma descarga de água por meio de uma pressão mais baixa.

Suas características também indicam o uso de uma mangueira resistente e com elevada durabilidade, inclusive, obtendo um diferencial em relação às outras mangueiras.

O processo de transporte de cargas

Após o processo de produção industrial, que é muito delicado e demanda um monitoramento, o processo de transporte de cargas é necessário.

Este transporte pode ser necessário internamente, ou seja, levando o produto de uma máquina para outra, assim como com o deslocamento do produto para o setor de estoque da indústria, e consequentemente, para os compradores e fornecedores.

As correias dentadas e os outros tipo de correias, são essenciais para o funcionamento das máquinas de transporte de produtos, pelo fato de ser responsável pela transmissão de força que movimenta a engrenagem ou polia.

Por conta disso, essas correias devem passar por uma manutenção preventiva periodicamente, para que sua durabilidade seja elevada.

Neste aspecto, vale a pena destacar o uso de transportador de correia, que também contribui para o processo de movimentação de cargas, inclusive, levando em conta grandes volumes de produção e de material a ser transportado.

Entre as vantagens na utilização deste tipo de transportador, podemos destacar o fato de que ele faz com que o processo de transporte seja contínuo, ou seja, tanto na horizontal como na vertical.

Por isso, esse tipo de transportador proporciona um custo acessível para a operação, trazendo confiabilidade nas atividades realizadas, assim como uma versatilidade em permitir que vários produtos sejam transportados.

A produção na indústria e a proteção dos colaboradores

Dentro da indústria, existem diversos procedimentos. Todo o procedimento industrial deve ser feito prezando pela qualidade técnica da realização de atividades, no cuidado e nas manutenções das máquinas, e principalmente, em relação à segurança de seus colaboradores.

A indústria é um local que pode oferecer periculosidade na realização de algumas atividades. Por exemplo, existem processos que podem envolver o manuseio com peças delicadas, com gases tóxicos, materiais explosivos, elevadas temperaturas, entre outros.

Além disso, pode existir um contato direto com todo o maquinário industrial, sendo essencial disponibilizar os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)

É obrigação da indústria fornecer estes os equipamentos de proteção individual, com o objetivo de agregar segurança dentro do ambiente industrial e evitar acidentes.

Um destes equipamentos são as luvas de proteção, que contribuem para a proteção das mãos dos profissionais em contato com o processo de produção industrial.

Além disso, existem protetores para as pernas, roupa especializada para lidar com determinada atividade, uso de capacetes, protetores auriculares, óculos de proteção, entre outros dispositivos específicos, dependendo da área de atuação.

Além da luva EPI, que também é considerada como um equipamento de proteção individual, neste processo de lidar com o ambiente industrial existem outras ações que podem ser realizadas e equipamentos que são disponibilizados.

Por isso, a utilização desse equipamento é essencial para evitar acidentes dentro de um ambiente industrial, fazendo com que o colaborador se sinta mais seguro.

Para cada setor industrial, existe um tipo apropriado de vestuário de proteção. A perneira de raspa, por exemplo, pode ser utilizada nos setores:

  • Agricultura;
  • Metalúrgico;
  • Soldagem;
  • Usinas;
  • Marcenaria.

Este tipo de perneira de raspa é feita com couro de boi, com adição de cromo. Além disso, o material é ajustado com velcro e algodão, sendo utilizado como um elemento de proteção das pernas.

Dessa forma, a perneira está apta para evitar lesões e escoriações, proporcionando segurança, conforto e bem-estar para os colaboradores realizarem suas tarefas no dia a dia.

Portanto, os investimentos realizados em equipamentos e materiais de segurança são parte essencial para garantir a segurança, o conforto e bem-estar dos profissionais industriais, além de garantir uma produção de boa qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *