Entenda a importância de freezers em cozinhas industriais

O processo de alimentação humana tem grande dependência da preservação da qualidade dos alimentos.

Quando ingerimos algo apodrecido, as bactérias ou fungos que se espalham por ali são danosas à nossa saúde e, sendo assim, para melhoria da qualidade de vida, a humanidade buscou formas de preservar seus alimentos para o consumo em um prazo maior.

O surgimento do freezer

A princípio, o sal era utilizado para preservação dos alimentos, mas, mesmo assim, rapidamente toneladas de carnes foram sendo perdidas e fez-se necessária a criação de algum método capaz de manter os alimentos em um estado comestível, sem risco à saúde.

Dessa forma, o gelo foi encontrado como solução para que os alimentos perecíveis tivessem suas validades estendidas e até mesmo fazendo com que o abatimento de animais fosse feito de forma mais controlada e precisa, porque os alimentos se adequaram à fome e não o contrário.

Após essa descoberta, foram criados os primeiros refrigeradores e com consequentes evoluções, rapidamente chegaram a modelos mais adequados a cada tipo de situação, como, por exemplo, em um freezer para cozinha industrial.

Assim, os aparelhos foram se adaptando às demandas não apenas pelas funções exigidas como por uma estética que case com suas aplicações, e um exemplo disso é o freezer horizontal.

Seu formato permite que o consumidor mantenha grandes peças de carne estocadas em uma temperatura adequada para sua preservação.

Em compensação, para quem deseja algo para refrigerar alimentos em um espaço menor, ou seja, alguém com uma cozinha de um tamanho pequeno, não é indicado que faça a compra de um freezer desse modelo, pois existem outras opções que se adaptam melhor a esse tipo de cozinha.

Um tipo de freezer que combina com essa necessidade é o freezer vertical, pois por apresentar um porte mais estreito, com semelhanças a um refrigerador, o consumidor que deseja acessá-lo com mais frequência terá maior facilidade, tornando-se assim, um produto mais adequado para esse uso.

Atualmente, para que o cliente consiga adquirir seu equipamento apenas para um evento rápido, não é necessário o esforço de ir até uma loja física comprar um produto novo ou pedir emprestado para conhecidos, pois pela Internet mesmo, pesquisando aluguel de freezer preço, é possível encontrar o que se deseja.

Uma questão de logística

No caso das cozinhas industriais, toda a arquitetura do meio obedece à logística da praticidade em seu maior nível, no menor espaço possível.

Então mesmo uma geladeira pequena não é o mais indicado para esse tipo de espaço, pois de fato, tanto o empreendedor quanto o funcionário precisam otimizar cada metro quadrado do espaço, sendo nesses casos o mais recomendado um freezer vertical industrial inox.

O inox é utilizado em larga escala dentro de cozinhas industriais pelo fato de ser inoxidável, fazendo com que todos os processos culinários sejam executados de forma mais livre e despreocupada, já que o material apresenta grande resistência.

A cozinha industrial faz parte de muitos ramos de negócios, justamente, pelo dinamismo e rapidez pelos quais os alimentos são preparados, atraindo bastante o meio corporativo, que busca um ambiente sério e suficiente para a alimentação de qualidade, mesmo em pouco tempo de preparo.

Alguns exemplos de empreendimentos que utilizam a cozinha industrial:

  • Self-service;
  • Marmitarias;
  • Alimentos congelados;
  • Hospitais;
  • Restaurantes;
  • Lanchonetes.

Equipamentos de qualidade são fundamentais, juntamente a um profissional que faça o planejamento adequado do espaço, porque um planejamento empresarial bem pensado, ajuda na redução de custos.

Alguns exemplos desses equipamentos são os maquinários eletrodomésticos, utensílios de cozinha, balcões e etc.

Outro aspecto fundamental para um bom rendimento do trabalho em uma cozinha industrial é a ordem dentro do espaço.

Padronização das roupas dos funcionários, buscar a melhor maneira possível para preservação dos alimentos e parte disso, também é deixar o ambiente fresco e arejado, com ventilação interna, cozinheiros com bom currículo e experiência, isolamento do ambiente por telas e cortinas, e também manter o lixo no local correto.

Tudo o que foi citado anteriormente, só pode ser colocado em prática depois da principal etapa de quando se toma a decisão de gerir uma cozinha industrial, o planejamento.

Até porque, enquanto a ideia está na ponta do lápis, não existem riscos ou perdas reais, muito pelo contrário, o empreendedor precisa fazer um estudo de mercado e de todas as possibilidades para seu comércio, e assim o caminho para o lucro é mais certeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *