Confira alguns equipamentos que auxiliam no transporte de carga

Transportar objetos e produtos é essencial para que a produção não pare e que o abastecimento dos grandes mercados seja garantido a fim de que os produtos cheguem ao consumidor final.

O transporte pode ser feito de várias maneiras, algumas mais simples e outras com o auxílio de tecnologia e engenharia.

Sem esse constante vai e vem de produtos e matéria-prima, a produção, estocagem e logística dos produtos é interrompida.

Métodos de transporte de cargas

Um meio de transporte muito utilizado no mercado é o carrinho de carga dobrável, com duas rodas. Também há os mais robustos, que possuem quatro rodas e plataforma.

Os modelos com duas rodas são mais utilizados em mercados e áreas comerciais onde há um grande fluxo de transporte entre as praças, dentro das lojas ou entre as locais próximos uns dos outros.

Já os carrinhos de plataforma são mais comuns em indústrias, podendo transportar cargas maiores e com volume maior.

Se o comprador necessitar de grandes volumes, com pesos ainda maiores, como um motor ou uma bobina, o indicado é uma ponte rolante apoiada. Muito comum nas indústrias, elas são utilizadas para içar grandes cargas.

São vigas que podem ser móveis ou fixas, sustentadas sobre uma estrutura e apesar de muito caras, valem a pena quando lidamos com o transporte de grandes volumes.

Muito utilizadas nas indústrias siderúrgicas devido ao processo de produção do aço e também são utilizadas na região portuária para a retirada de contêineres dos navios.

Uma peça muito importante no transporte de cargas é ligada às correntes industriais passo longo.

Elas são correntes derivadas das corrente de Norma Americana, das quais diferem, apenas, por ter o passo duplo, enquanto pinos, buchas e rolos têm as mesmas dimensões das correntes normais correspondentes.

Encontram emprego por terem um custo mais econômico em transmissões com cargas e velocidades mais baixas.

Também são empregadas para transportadores leves, com rolos comuns ou rolos maiores, por meio da adaptação de adicionais de transporte.

Como melhorar a logística de uma empresa?

A logística de uma empresa é uma importante ferramenta para reduzir os custos e proporcionar mais organização ao seu negócio.

Quando falamos em logística interna, muitas pessoas pensam que se trata apenas de levar os produtos da origem ao destino utilizando um carrinho plataforma ou empilhadeira.

É um pouco mais complexa que isso, ela determina o sucesso ou o fracasso da entrega em termos de qualidade e custo.

A logística interna é a subárea que engloba as movimentações físicas e operacionais realizadas dentro de uma planta fabril, galpão ou armazém.

Sendo responsável pela recepção de matéria-prima, distribuição, expedição de produtos prontos, reabastecimento da linha de produção, paletização, entre outros.

Muitas empresas vêm tentando diminuir os custos com esse e outros processos, mas o grande vilão dessa história é o desperdício, responsável pela maior perda durante o processo logístico interno.

Reduzir o estoque é uma das soluções, mas não é a única. Existem outros desperdícios que devem ser contidos, portanto contratar uma empresa para fazer a manutenção industrial é uma das soluções.

Conheça a seguir algumas formas de minimizar tais gastos:

  • O endereçamento do CD, Centro de Distribuição, otimiza o tempo operacional e minimiza as possibilidades de erro durante o processo;
  • Os operadores devem ser profissionais capacitados para lidar com o ambiente logístico, conhecendo todas as necessidades do inventário e de técnicas de reserva, curva, recuperação, etc.;
  • Os processos devem ser bem definidos e estruturados com todos, sabendo exatamente o que deve ser feito.;
  • Uso de tecnologias para fazer as funções de rastreamento dos estoque, para controlar entrada, saída, triagem, validade, etc.;
  • Ambiente correto de armazenagem e uso da verticalização para otimizar o espaço, evitando o desperdício do produto por avarias nos locais de estocagem;
  • Critérios de organização de estoque para otimizar a produtividade e a eficiência da planta.

Como é feito o transporte dos produtos?

Algumas das maneiras de transportar os produtos do estoque até as prateleiras varia de acordo com o seu volume.

Para grandes quantidades, é comum usar um carrinho plataforma, muito utilizado em supermercados para distribuir grande quantidade de produtos, de uma só vez, para uma praça de alimentos.

Também são utilizados carrinhos, como aqueles que o cliente usa para pegar os produtos quando a quantidade e o peso das mercadorias não é muito grande.

Outra forma de transporte bastante usada nos supermercados é através da esteira transportadora, muito comum nos caixas e, por fim, para acessar locais mais altos no estoque, é conveniente a utilização de uma plataforma elevatória.

A mobilidade na indústria e comércio deve ser bem planejada para evitar o desperdício e otimizar os custos operacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *