Equipamentos industriais: veja quais são usados no ramo alimentício

Com o desenvolvimento da tecnologia, as indústrias alimentícias começaram a utilizar equipamentos industriais para que, com a programação, fosse possível desenvolver de maneira mais rápida tanto o alimento, como a embalagem deles.

As vantagens da empacotadora

Uma das maneiras de embalar de forma mais rápida, é através do equipamento conhecido como empacotadora de farinha. Esse utensílio consiste em empacotar, não apenas a farinha, como também outros produtos em pó.

Como, por exemplo, o polvilho, achocolatado, café, fubá e outros produtos, que não são do ramo alimentício. Em sua composição, possui um dosador ligado em sua estrutura.

Este que possui a função de calcular a dosagem correta, que será empacotada e sua funcionalidade se dá devido a um motor.

Diversos benefícios são proporcionados com a empacotadora, estando alguns deles listados abaixo:

  • Durabilidade, fornecendo, portanto, economia, pois não é necessária a troca do equipamento por um período longo;
  • Resistência;
  • Alta produtividade;
  • Alta precisão e como consequência disso, os produtos são padronizados;
  • Praticidade;
  • Sem necessidade de mão qualificada para manusear.

A importância da seladora

Outro maquinário geralmente usado pela indústria alimentícia, é a seladora com datador. Esse equipamento consiste em fechar embalagens, sendo elas de qualquer modelo de plástico.

E, posteriormente, adicionar a data de fabricação e de validade, com o intuito de informar o consumidor. O funcionamento da seladora com datador, não necessita de tinta de impressão.

Somente a pressão das ferramentas sobre o plástico, gerando a grande vantagem de que as informações não podem ser removidas.

No quesito de embalagens, há ainda a plastificadora a vácuo. Esse produto possui a função de colocar o produto dentro da embalagem.

Além de selar e cortar os excessos, colaborando com o controle de qualidade e mantendo o alimento seguro.

O uso do forno industrial

Ainda no ramo alimentício, é muito comum a pesquisa por forno industrial preço. Seu valor varia entre quinhentos reais a seis mil reais, modificando de acordo com o tamanho, funcionalidade, marca e quantidade litros.

Os fornos têm a função de fornecer calor, através da queima de combustível que circula em tubos do seu interior.

As fontes de combustíveis usadas podem ser o gás natural, o plasma, o óleo e até mesmo o vácuo. Há diversos modelos de fornos industriais, sendo eles diferenciados pela quantidade de posições de tubos internos.

Como, por exemplo, cilíndricos verticais sem seção de conversão, cilíndrico vertical com seção de convecção horizontal, cabines com tubos horizontais, caixa com câmaras de combustão independentes, caixa com combustores nas paredes e também misto.

Uma característica muito importante de destacar, é que os fornos industriais possuem, geralmente, mais de um tipo de transferência de calor.

Ou seja, dois entre a condução, convecção e radiação térmica infravermelha, pois nenhuma tecnologia é totalmente eficaz. Para garantir a eficácia e aumentar a produtividade, é imprescindível um forno elétrico industrial para bolo.

Para a escolha certa, é necessário analisar a potência, pois ele precisa ser rápido e ao mesmo tempo econômico. Quanto à qualidade, para esse fator é recomendável o aço inoxidável.

Devido o acabamento e facilidade na limpeza e a demanda, ou seja, quantos bolos são possíveis fazer ao mesmo tempo no forno.

E a economia, pesquisando a quantidade de combustível mandatória. Alguns modelos de fornos são recomendáveis pelo mercado, sendo eles:

  • Forno industrial a gás com valente médio de 90 litros. Seu preço costuma ser em torno de seiscentos reais;
  • Forno elétrico giratório com três bandejas, sendo um dos mais usados quando o requisito é demanda e economia.
  • Seu valor é em torno de dois mil reais;
  • Forno a gás GPL industrial 109 litros, caracterizado por seu fácil na limpeza e no manuseamento. Custa, aproximadamente, setecentos reais;
  • Forno turbo a gás 10 esteiras, que é um dos mais caros, podendo chegar a um valor de sete mil reais. Entretanto, além de potente, ele comporta diversas assadeiras, sendo indicado para grandes empresas.

Por que utilizar o moinho?

Para grandes indústrias de lavouras, como produtoras de pão e exportadoras, é muito comum a busca por moinho de trigo a venda.

Sendo encontrado pelo mercado a partir de cinquenta e cinco mil reais, variando de acordo com a quantidade de sacos que é capaz de moer.

Portanto, a tecnologia proporcionou um desenvolvimento industrial, não apenas na modernização de aparelhos de comunicação, mas também nos equipamentos de produção de alimento.

Fazendo com que fique muito mais rápido a produtividade e o rendimento, facilitando não somente a vida dentro das fábricas, mas também a prontidão dos alimentos fora dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *