Quais os 2 equipamentos mais importantes para a indústria?

O emprego correto dos equipamentos mais indicados para diversas operações industriais é fundamental para que haja mais otimização e qualidade dentro do setor, de forma que é vital para a produtividade contar com itens seguros e eficientes.

Mas você sabe quais são alguns dos itens mais importantes nesse contexto? Além disso, como as fábricas e indústrias em geral se beneficiam deles todos os dias?

No artigo a seguir, acompanhe mais sobre a utilização de alguns equipamentos primordiais e fique por dentro de suas características e vantagens.

Geradores

gerador é um dos componentes mais fundamentais quando estamos falando do ambiente de produção e montagem industrial.

Isso porque ele garante o fornecimento de energia elétrica mesmo quando há uma interrupção inesperada ou programada na distribuição por parte da concessionária.

Sendo assim, ele evita que atividades em operação sejam pausadas ou mesmo reiniciadas, podendo também ser encontrado em escolas, clínicas e hospitais, dentre outros estabelecimentos onde a falta de eletricidade pode ocasionar em transtornos variados.

Existem diferentes tipos de geradores, dentre eles:

  • Gerador eólico
  • Gerador elétrico
  • Gerador mecânico
  • Gerador luminoso
  • Gerador químico

Os geradores elétricos são fundamentais para a conversão de energias eólica ou mecânica, por exemplo, em eletricidade a ser empregada nas mais variadas etapas de ciclos de produção e montagem industriais.

Dessa forma, eles apresentam um desempenho especial que pode funcionar com base, por exemplo, na utilização do diesel.

Manutenção de geradores de energia é a maneira mais eficaz de garantir seu bom funcionamento, juntamente com a utilização de itens de qualidade e que fazem uso de materiais resistentes e duráveis.

Reparar falhas súbitas de forma imediata gera mais qualificação na produtividade e também evita danos consequentes, prolongando a vida útil do tem.

A prevenção também é um método altamente eficaz, pois consegue evitar que os danos sejam feitos e que haja interrupção no fornecimento por parte desses componentes alternativos e essenciais.

Desse modo, a Manutenção preventiva geradores diesel, por exemplo, garante a conformidade com os padrões de qualidade e evita a ocorrência de danos e transtornos que podem levar a prejuízos e acidentes.

Motores

Já quando há uma demanda pela transformação de energia elétrica em energia mecânica, a utilização dos motores é fundamental.

De construção simples, alto índice de versatilidade e uma taxa de adaptação às diversas cargas, os motores podem combinar benefícios de modo a prover:

  • Facilidade de transporte
  • Limpeza simplificada
  • Comando acessíveis
  • Custo reduzido

Os motores eletricos, portanto, têm como finalidade reserva a conversão segura do movimento mecânico em eletricidade, o que é assegurado pela aplicação de geradores, como os mencionados anteriormente, e também de dínamos.

Esses dispositivos, por sua vez, podem se distinguir por características básicas e detalhes de aplicação.

Para a garantia de seu alto desempenho, é fundamental que os motores sejam instalados corretamente nos sistemas onde geram otimização, o que deve ser feito por profissionais qualificados.

A negligência nesse aspecto pode gerar não só prejuízos de produção, como também perdas patrimoniais.

Em casos mais graves, onde são causados acidentes por falta da aplicação de materiais de qualidade ou mesmo pela escassez na frequência da revisão e manutenção,  a vida dos operadores de variadas tarefas industriais pode estar em risco, de forma que a escolha do motor deve ser feita com base em critérios rigorosos para evitar lesões, por exemplo.

Automação

Um dos processos mais importantes quando estamos falando da produção industrial é o de automação, que torna os procedimentos variados muito mais ágeis e otimizados a partir da aplicação estratégica de itens de alta tecnologia, tais como máquinas eletromecânicas, softwares e equipamentos especiais.

Diferente da mecanização, onde o trabalho manual se relaciona com o comando mecânico de equipamentos diversos, a automação industrial é muito mais sofisticada e, sendo uma combinação de benefícios das áreas da mecânica e da eletrônica, faz parte do segmento conhecido como mecatrônica.

Um sistema de automação pode ser composto por diferentes dispositivos eletroeletrônicos, que desempenham comandos por meio de computadores e itens como os controladores lógicos programáveis, que podem realizar operações lógicas.

Alguns dos segmentos que mais se beneficiam coma automação são:

  • Indústria automobilística
  • Indústria química
  • Indústria de mineração
  • Indústria de papel e celulose
  • Produção de embalagens

O mais importante é contar com o trabalho de Empresas de Automação com boa qualificação no mercado e que todas as aplicações sejam  feitas com base nas demandas internas de cada procedimento e ciclo produtivo, gerando resultados mais satisfatórios.

Além disso, apenas profissionais devidamente habilitados devem estar à frente das atividades indicadas, sejam elas de controle de automação, de manutenção de geradores ou mesmo de instalação de um motor, garantindo eliminação de riscos e promoção de segurança no ambiente industrial.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *