indústria

Elementos para o funcionamento da indústria

A indústria é essencial para a nossa vida atualmente e não é por menos, desde que a Revolução Industrial que iniciou-se no fim do século XVIII e começo do século XIX na Inglaterra, dependemos de insumos e materiais que são produzidos por processos industriais.

Daquele tempo para o nosso muitas transformações aconteceram, as máquinas movidas mecanicamente evoluíram para máquinas a vapor que tinham mais potência e mais capacidade de produção.

Depois, essas máquinas passaram por movidos a combustível e outros elementos da indústria começaram a evoluir como a soldagem a laser equipamentos.

No presente artigo falaremos sobre os muitos elementos que compõe uma indústria e que podem ser encontrados nos mais variados procedimentos e processos garantindo a qualidade e a eficiência.

As manutenções dentro da indústria

As manutenções industriais são uma das estratégias mais importantes para as fábricas e não é por menos, por meio de um programa de manutenções preventivas os gestores gastam muito menos com compra de novos equipamentos que, geralmente, oneram muito o orçamento.

As manutenções permitem uma maior qualidade e uma maior durabilidade da máquina. Podemos conceituar as manutenções industriais como variadas metodologias de ações que quando tomadas visam a restauração de peças, máquinas e equipamentos para que se estabeleça uma condição operável.

Assim, as manutenções atuam no processo como:

  • Soldagem laser de peças;
  • Troça de peças;
  • Lubrificação;
  • Reestruturação de operação.

Das muitas manutenções industriais que acontecem a mais importante são as preventivas que são feitas de forma planejada com o intuito de redução ou então a prevenção de falhas.

Pode ser apoiada por manutenções preditivas que ajudam na análise da máquina e no conserto prévio.

Para que a manutenção industrial seja feita como a solda a laser, troca de peças e remontagem é importante que as prioridades do conserto sejam feitos. São três tipos principais como: emergencial, crítico e normal.

O processo emergencial é a prioridade quando o defeito traz muitos riscos a operação, de modo que o reparo seja de forma imediato. A prioridade crítica é quando a manutenção pode ser programada e executada até sete dias depois.

Já a prioridade normal é quando as manutenções podem ser planejadas e programadas, realizando inclusive testes maiores como teste de flexão, entre outros.

Essa prioridade tem execução em até sete dias ou mais. No tópico abaixo falaremos sobre alguns aspectos que são importantes para a qualificação da indústria.

Os processos de qualificação para a indústria

Para que as operações industriais sejam eficientes e qualitativas é necessária uma boa gestão das operações. Isto acontece porque a indústria deve gerenciar todos os recursos e processos que passam pelas fábricas como energia, trabalho, capital e informação.

Todas as indústrias que querem se destacar e se manter de forma competitiva precisam lidar com a qualificação de operação. Para qualificar as operações existem cinco dimensões principais ou também chamados de objetivos.

1. Qualidade

A dimensão qualitativa é fundamental para tudo o que será produzido. Assim, todos os aspectos das características do produto são fundamentais e definição de normas e especificações do controle de qualidade.

2. Confiança na entrega

São os processos na qual o produto é produzido e em todas as instalações que abrangem estes procedimento. É nesta etapa e neste processo que são identificados os tipos de tecnologia, o design, as instalações físicas, e também todos os seus componentes.

É a parte que garantirá a entrega.

3. Adequação dos sistemas

É a adequação da estrutura para que tudo seja feito conforme a demanda, fazendo com a fábrica tente atender ao procedimento de just in time.

A adequação dos sistemas é muito necessário na utilização dos recursos e também das instalações de forma geral e mais completa.

4. Flexibilidade da indústria

Se refere aos materiais que são precisos para que a produção aconteça da melhor maneira possível, em outras palavras trata da gestão do fluxo dos materiais e do produto.

Assim, está intrínseco em relação com os fornecedores da matéria-prima.

5. Força de trabalho

A força de trabalho é fundamental para que os processos sejam feitos, afinal a solda a laser manual, construção de processos.

Essa dimensão também lida com a gestão da folha de pagamento, supervisão, contratação, demissões, supervisão e também motivação da equipe.

Portanto, entendemos que todos os processos são fundamentais para garantir a qualidade da indústria, do uso da manutenção até os processos de qualificação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *