Dicas com compressores de ar

Algumas situações do cotidiano e também comuns em ambientes de trabalho podem ser facilmente resolvidas com o uso de utensílios criados para tornar a vida mais fácil e ágil.

Por isso, um exemplo muito comum são os compressores de ar, que podem ser encontrados não só no armário do sótão, para encher colchões infláveis ou piscinas eventualmente, como também em locais de trabalho e, principalmente, fábricas e indústrias.

Isso porque esse dispositivo possui várias funcionalidades e pode ser útil em muitos ambientes distintos.

Cada modelo vai atender melhor uma necessidade, mas o importante é saber que Compressor schulz está presente em muitos lugares e pode descomplicar desde uma obra até processos domésticos.

Confira:

  • Como funciona
  • Tipos
  • Uso e vantagens
  • Dicas importantes

Funcionamento

Quando se fala em compressor de ar, é preciso compreender que esse dispositivo é capaz de converter energia potencial em ar pressurizado, ou seja, ar comprimido.

Isso acontece através de um processo possibilitado pelo motor do equipamento (que pode ser elétrico, a diesel, etc).

O sistema funciona a partir da pressão exercida contra o ar armazenado, que foi gerado após a conversão da energia potencial. Com isso, a pressão do tanque aumenta até atingir seu limite, quando o compressor é desligado.

Usando esse aparelho, é possível armazenar o ar comprimido dentro do tanque, de forma que a energia empregada continua útil e pode ser utilizada para diversas finalidades, como em compressor de pintura.

No caso da pressão do tanque chegar a uma quantia mínima, o tanque é pressurizado e o dispositivo é novamente acionado. Esse sistema automático possibilita economia de energia e mais segurança ao operador.

Tipos

Os tipos de compressor variam de acordo com tamanhos, desempenhos, materiais de fabricação e demais detalhes técnicos. Atualmente, três modelos se destacam no mercado: Compressor parafuso, compressor de diafragma e compressor de pistão.

De qualquer maneira, é sempre fundamental saber exatamente qual será a função exercida pelo dispositivo antes de optar por um modelo sem avaliar o desempenho buscado.

Isso vai evitar prejuízos no futuro, problemas de manuseio, insatisfações gerais e até a necessidade de ter que adquirir outro produto.

Alguns modelos são maiores e servem para demandas que exigem uma performance mais avançada.

Outros, como mini compressor de ar, atendem necessidades mais práticas, já que possuem facilidade para ser carregados e não deixam a desejar no desempenho.

Uso e vantagens

Alguns modelos são mais utilizados, pois são extremamente importantes para uma grande variedade de setores. Um exemplo são os compressores do tipo parafuso, compostos por rotores macho e fêmea.

A partir do deslocamento dessas peças em direção uma da outra, o ar pode ser comprimido e armazenado.

Eles são encontrados em:

  • Indústria de alimentos
  • Indústria de bebidas
  • Fábricas
  • Setor automobilístico
  • Indústria petroquímica
  • Setor aeroespacial

Além disso, entre as maiores vantagens de seu uso estão a capacidade de aliar alta taxa de fluxo com alta velocidade e desempenho garantido. Outros benefícios importantes são a resistência e o baixo índice de manutenção,conferindo mais confiança ao cliente.

Cuidados importantes

Muitas pessoas se esquecem disso, mas os cuidados com o dispositivo devem se estender a filtro de ar para compressor, que se localiza na parte interna do utensílio e também deve ser devidamente higienizado para garantir a eficiência do processo.

Isso porque os circuitos pneumáticos, que possibilitam o funcionamento do compressor, são constantemente contaminados por contato com água, partículas diversas ou algum óleo.

É fundamental, nesse caso, remover essas substâncias, algo que nem sempre os filtros convencionais dão conta de fazer.

Por esse motivo, há a possibilidade de optar por filtro coalescente, que oferece uma performance mais elevada e consegue fazer sua função de forma a remover o maior número de partículas possível.

Além disso, é importante destacar que há uma diferença entre as chamadas bombas de ar e os compressores.

Enquanto a primeira bombeia de um contexto, como o ambiente que circuncida a entrada do ar, para o interior de um colchão inflável, por exemplo, o segundo disponibiliza um tanque de ar pressurizado, que armazena a anergia exercida.

Isso sem falar que a performance dos compressores é incomparavelmente mais silenciosa, mais rentável e eles são muito mais simples de serem operadas do que se imagina.

Que tal procurar aquele que se encaixa exatamente no que você precisa hoje?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *