Materiais para a construção de uma boa estrutura industrial

Quando o assunto estrutura é colocado em pauta, é necessário ter em mente que o fator não envolve apenas a construção de alvenaria do local ou, até mesmo, de outras estruturas como a pia de marmore.

A construção de uma boa estrutura, por sua vez, envolve diretamente a instalação de grade de proteção industrial, pintura, pavimentação, revestimento, dentre outros serviços importantes.

Afinal, estamos tratando da estrutura industrial da edificação, e isso envolve tudo o que diz respeito ao bom funcionamento do local.

Ou seja, em uma empresa, por exemplo, recomenda-se focar na pintura de fachada, bem como a revitalização da fachada.

Neste sentido, desenvolvemos este artigo completamente exclusivo sobre alguns materiais para a construção de uma boa estrutura industrial. Acompanhe o restante do conteúdo a partir dos demais tópicos.

Grades para proteção

Assim como foi mencionado no início deste artigo, as grades e portões são o que garantem a segurança de qualquer tipo de edificação, incluindo a estrutura de uma indústria.

Ainda assim, neste sentido, a indústria exige mais técnicas e formas de segurança que uma casa comum, especialmente por contar maquinários e equipamentos valiosos.

Neste contexto, tanto as grandes como os portões atuam diretamente na integridade do local, promovendo segurança, proteção e tranquilidade, principalmente para o gestor ou dono da edificação.

Geralmente, esses tipos de equipamentos são vendidos em aço, podendo ser galvanizado ou não. O aço galvanizado é basicamente uma camada de zinco aplicada diretamente na superfície do material.

Com isso, o mesmo apresenta resistência à umidade e demais fatores que influenciam o desgaste do aço, assim como a oxidação. Por conta disso, o item é altamente usado no âmbito industrial.

Sendo assim, dentre os principais benefícios das grades, os seguintes destacam-se:

  • Mais proteção;
  • Garante a integridade física do local;
  • Melhora a organização;
  • Resistência atrelada à funcionalidade;
  • Baixo custo com manutenção;
  • Ótimo custo benefício.

Portanto, as grades e portões atuam diretamente na melhora da estrutura industrial garantindo, assim, o bom funcionamento e segurança do local.

Tratando a piso do ambiente

Impossível falar de estrutura industrial e não tratar a questão do piso do ambiente. Isso porque o elemento é o que mais fica em evidência dentro do âmbito industrial, uma vez que mantém contato direto com operadores, visitantes, funcionários, entre outras pessoas.

Assim sendo, muitos especialistas no setor indicam o uso do piso gail industrial, que é composto por cerâmica, possuindo diferentes variações próprias para o ambiente industrial.

A grande vantagem deste tipo de piso é que ele se adéqua aos locais mais exigentes, que necessitam de mais segurança.

Além do mais, outro benefício do piso gail é a facilidade de limpeza da superfície cerâmica. Deste modo, as principais características do piso são:

  • Antialérgico: os ambientes de câmaras frias possuem essa característica de evitar qualquer contaminação. Por isso, o piso cerâmico industrial gail deve ser antialérgico para evitar transtornos após a produção dos itens;
  • Limpeza: geralmente, os espaços industriais precisam ser extremamente limpos, pensando nisso, o piso cerâmico industrial gail foi desenvolvido com uma capacidade de limpeza facilitada;
  • Antiderrapante: em suma, o ambiente industrial precisa ser seguro para todos os operadores que ali atuam, de acordo com as normas de segurança. Sendo assim, o piso cerâmico industrial possui uma superfície que evita escorregões, garantindo a integridade física de todos os colaboradores.

Ainda assim, a indústria necessita de um revestimento que dure por longos anos a fio.

Neste caso, este tipo de piso corresponde perfeitamente a este requisito, uma vez que evita manutenção periódica, e é resistente aos impactos rotineiros, pois aguenta pressão e peso.

Pintura estrutural

Por fim, a pintura entra como um dos principais itens para garantir a construção da estrutura industrial.

Neste sentido, recomenda-se o uso da pintura epoxica, pois é uma das técnicas mais resistentes do mercado, podendo ser empregada em paredes externas, internas e fachadas.

Este tipo de tinta é um revestimento para pisos e paredes, tanto para ambientes internos quanto para áreas externas de indústria, empresas e casas.

O produto consiste na aplicação de uma camada de plástico termofixo e, quando entra em contato com um catalisador, fica resistente e muito durável.

A grande característica é o brilho intenso que o piso promove depois de instalado. Sendo assim, além de assegurar durabilidade ao piso, a tinta epoxi confere beleza e estética ao ambiente.

Esses são alguns dos principais materiais para a construção de uma estrutura industrial. Lembrando que, para um bom resultado, recomenda-se buscar pelos melhores produtos, bem como mão de obra qualificada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *