Conhecendo sobre injeção plástica

Ao repararmos ao nosso redor, facilmente conseguimos identificar que o material mais utilizado, é de longe, o plástico. Este item está na composição de uma infinidade de produtos, desde os mais banais e rotineiros, até os mais complexos e importantes.

Grande parte dos motivos de sua grande utilização está na enorme facilidade que esse material tem, ou seja, é possível modelar qualquer tipo de forma com esse material, e para além disso, tem um ótimo custo-benefício e valor baixíssimo e, dependendo do tipo, pode ter enorme duração e resistência.

Há aqueles tipos de plásticos que são menos resistentes, muito utilizados para a confecção de brinquedos de baixo preço, porém, há tipos mais sofisticados de plástico, esses que são utilizados para a confecção de peças para engenharia ou então para materiais domésticos.

Muitos possuem a curiosidade acerca da produção deste item tão versátil, querendo saber quais os processos o material é submetido para que possam chegar em seus devidos formatos e tipos até nós, consumidores.

Por isso, falaremos aqui sobre o processo de injeção de plásticos. Este é o método utilizado na confecção de qualquer peça desenvolvida com este tipo de produto e demonstra grande riqueza técnica em seu processo de confecção.

Portanto, aconselho que continue com a leitura deste texto e venha entender melhor sobre como se dá a produção de algum material plástico.

Injeção de termoplásticos

A Injeção de termoplásticos é o processo de fabricação de material plástico, e este envolve um polímero que ao ser submetido a altas temperaturas, torna-se viscoso e moldável.

Como dito no início do texto, a grande maioria dos objetos plásticos de hoje em dia, são produzidos utilizando este processo de moldagem, isso para que tenham condições de poderem se encaixar corretamente nas específicas definições as quais foram projetados.

Quando falamos de moldes de injeção, estamos falando de um tipo de forma que é utilizada para moldar o produto a ser feito de plástico, e dentre uma gigantesca (literalmente) quantidade de produtos diferentes, desenvolvidos a partir desse método, podemos destacar os seguintes:

  • Brinquedos;

  • Utensílios domésticos;

  • Componentes de automóveis;

  • Componentes eletrônicos e etc.

Todo o processo de moldagem deve ser considerado simples, porém, deve ser realizado apenas por profissionais devidamente qualificados para tal.

Nas Empresas de injeção plástica, realiza-se o devido treinamento capacitário para que o profissional tenha o devido conhecimento acerca das máquinas que irá manipular e como agir em determinadas situações.

Na realização dela, esquenta-se um produto e o resfria em um molde, assim, quando retirado deste molde, ele terá a forma devidamente pretendida

Todo o processo envolve a empresa compradora do plástico em grãos, que posteriormente o transforma em um item moldável.

Nesse aspecto, entra a máquina injetora, que faz o serviço de aquecer o plástico na temperatura ideal para manter a resistência deste.

Esta máquina possui uma espécie de bico, e assim injetar plastico nas cavidades, o distribuindo de forma correta no molde.

Como parte final do processo, temos o resfriamento e a extração do item.

Todo o processo aqui descrito, não leva muito tempo. Na realidade, o tempo médio gasto com esses procedimento está entre 4 e 5 segundos.

Essa enorme agilidade aumenta de forma altamente considerável a produtividade de uma empresa, influenciando diretamente na relação custo-benefício que o produto terá ao chegar ao cliente final.

Adequação nr12

A Adequação nr12 se trata de normas de segurança que específicas empresas necessitam ter.

Toda a máquina ou equipamento industrial, que possui um acionamento repetitivo e não tem a proteção adequada, oferece um enorme risco a quem ali trabalha.

Dado isso, como exige a nr12, é necessário se ter dispositivos adequados para a segurança da fábrica contra possíveis acidentes de trabalho envolvendo maquinários e seus funcionamentos

Nos âmbitos da usinagem, deve-se tomar providências contra a ocorrência de acidentes, e essas estão contidas nas normas regulamentadoras, a fim de garantir a segurança, saúde e vida dos trabalhadores que cotidianamente estão prestando ali os seus serviços.

A segurança do trabalho, é hoje, um dos itens mais discutidos e disseminados em todo o mundo, mesmo que em cada local ou país, a discussão esteja em patamares diversos.

Conhecer os processos e normas que regulamentam a ferramentaria das fábricas é o primeiro e mais importante passo para definir políticas de real segurança na indústria.

Portanto, deve-se basear em três pilares específicos para aplicar essas soluções: ter a proteção adequada, procedimentos apropriados e capacitação humana.

Devido a isso os gestores e líderes de empresas de injeção e dentre outras, necessitam saber o que a nr12 exige e como cumprir os seus requisitos. Segurança é e sempre será, o fator principal de uma fábrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *