Conheça os processos de usinagem e caldeiraria

A usinagem é um conjunto de processos mecânicos para a transformação de matéria-prima metálica em uma peça. Basicamente, é a retirada sistematizada de material até a obtenção da forma desejada.

Já a caldeiraria é um processo metalúrgico essencial para a montagem industrial, com a confecção de estruturas a partir de chapas metálicas. Também é responsável pela soldagem de peças, fundamental para a fabricação de inúmeros itens industriais e de consumo.

Os processos são fundamentais para a montagem industrial e para as produções, resultando em maquinários e equipamentos ou produtos, como um aquecedor a gas, por exemplo, mais completos e eficientes.

Processos de usinagem

A usinagem industrial compreende uma série de processos de fabricação de utensílios metálicos. A transformação de uma peça bruta no objeto que se pretende produzir acontece com a remoção de material com o auxílio de ferramentas de corte. As operações de usinagem permitem algumas classificações.

1. Aplainamento

A operação de aplainamento é empregada para a geração de superfícies planas. Para isso, a ferramenta de corte deve se movimentar em translação, enquanto a peça permanece estática, ou vice-versa.

2. Brochamento

Para o brochamento de uma peça, a ferramenta multicortante faz a translação enquanto a peça permanece estática, sendo que, em alguns casos, há um movimento rotativo entre as partes. Trata-se de um processo com bom grau de acabamento, que resulta em uma superfície curva.

3. Fresamento

A operação de fresamento utiliza uma ferramenta de corte de vários gumes, giratória, que pressiona a peça para a usinagem. A peça faz um movimento de alimentação, no sentido do corte, durante o processo.

A superfície usinada pode assumir diversas formas, planas ou curvas, segundo a forma da ferramenta utilizada e o caminho percorrido por ela sobre a peça.

4. Furação

Na furação, uma broca executa uma cavidade cilíndrica na peça, com um movimento combinado de rotação e deslocamento linear.

Uma variação deste tipo de usinagem é o alargamento de furos, com ferramenta similar à broca removendo as paredes de um furo. A diferença é que na furação a broca tem dois gumes, enquanto que no alargamento tem múltiplos gumes e alto grau de acabamento.

5. Torneamento

A matéria-prima tem a forma cilíndrica, inicialmente, no torneamento. A operação de corte se dá com a ferramenta de corte se movimentando em translação, enquanto a peça gira em torno do seu próprio eixo.

6. Retificação

Por fim, na retificação, a remoção de material para surgimento da peça se dá com a ação de grãos abrasivos. É um processo de alta precisão dimensional, com grau de acabamento superior, próximo ao polimento.

O processo de usinagem se dá com uma ferramenta giratória em seu próprio eixo, que também pode fazer o movimento de translação, em que os gumes estão em grãos de geometria não definida. A peça a ser usinada também pode se movimentar próximo à ferramenta de corte.

Caldeiraria

Empresas de caldeiraria são responsáveis pela fabricação de utensílios em três dimensões a partir de chapas metálicas com espessura maior do que 2mm. Vale lembrar que trabalhos com chapas metálicas com espessura abaixo de 2mm são chamados de funilaria.

Seguindo os projetos de fabricação, a caldeiraria é o processo de fabricação de estruturas como:

  • Mezaninos, plataformas, guarda-corpo e bases metálicas;
  • Tanques, carcaças de máquinas, estações de gás natural;
  • Dutos, coifas, chaminés, ventiladores, tubulações;
  • Esteiras para roletes, pórticos metálicos e outros itens.

Na caldeiraria, os profissionais operam máquina de corte e solda, além de lidar com manutenções e preparações que envolvem o serviço, com conhecimentos em cálculo, projetos mecânicos, metrologia e metais.

A aplicação do processo é diversificada e ampla, demonstrando a importância da caldeiraria na indústria.

A caldeiraria está atrelada ainda aos processos de calandragem e soldagem. O primeiro é a transmutação de chapas metálicas em formatos cilíndricos ou cônicos. Já a soldagem é um processo usado para a união de peças metálicas.

A soldagem é um processo muito popular e bastante empregado em reparos gerais de todas as dimensões. Há diversos tipos de soldagem e equipamentos de variadas proporções. Destaca-se a inversora de solda, um equipamento compacto, portátil e de alta aplicabilidade.

Em todos os tipos de processos industriais é preciso atentar-se para as normas de segurança envolvidas.

A NR 13 do ministério do Trabalho e Emprego do Brasil, por exemplo, determina a inspeção de segurança em operações com equipamentos como vasos de pressão, tubulações e caldeiras nos ambientes industriais e está diretamente ligada aos processos citados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *