processos

As evoluções dentro dos processos de metalurgia

A indústria é um setor muito abrangente, composto por diversos profissionais, processos, máquinas e produtos que abastecem a maioria das necessidades das pessoas dentro de uma sociedade.

Por esse motivo, elas tem como característica a produção em massa e automatizada, trazendo mais qualidade e seguranças às produções.

Dentre os tipos de indústria há as que estão no mercado a mais tempo e as mais recentes, a metalúrgica é uma das que estão a muito tempo dentro do segmento industrial.

Responsável pela manipulação do metal derretido as empresas de metalurgia atuam em diferentes campo de trabalho com o metal, sendo os principais:

  • Siderurgias;
  • Fundição;
  • Produção de materiais não ferrosos;
  • Fabricação de tubos.

Todos esse processo junto a usinagem do metal beneficiam diferentes setores industriais produtivos, dentre eles a construção civil, automobilística, robótica e eletroeletrônicos.

Fazendo com que esse setor fique em constante desenvolvimento e aperfeiçoamento de suas atividades.

Usinagem de precisão

Dentro da metalurgia há os processos de usinagem que são responsáveis por moldar todas as peças metálicas conferindo design e usabilidade.

Dessa forma, assim como a metalurgia, a usinagem está presente desde os primórdios e com o passar do tempo foi sendo desenvolvida e aprimorada.

A usinagem de precisão é um dos métodos mais atuais de produção, utilizando máquinas CNC que são comandadas via programas de computadores e realizam os processos de maneira automática.

Um dos principais modelos de máquina desse estilo, o centro de usinagem é um compilado de ferramentas em um único equipamento capaz de moldar diferentes peças ao mesmo tempo, nas quantidades determinadas pelo projeto de cada cliente.

Além dessa, que está presente em serralherias metálicas e demais fábricas que usam a usinagem como meio de produção, há outras máquinas que separadamente podem ser automatizadas, como a tornearia CNC que funciona por meio de comando numérico computadorizado, aplicada em diferentes projetos, com a função de moldar peças cilíndricas.

Máquinas de produção

Além das máquinas aplicadas ao processo de produção da usinagem de precisão, há algumas outras que são aplicadas como suporte para que as montagens possam ser automatizadas ou realizadas de forma mais simples e completa.

Dentre elas há os compressores de ar que são aplicados em diferentes processos e também na metalúrgica.

Atuando com ar comprimido para geração de energia e funcionamento das máquinas, há uma peça essencial ao compressor, chamada de pressostato compressor que funciona como uma chave elétrica, iniciando ou desligando o motor que pressiona o ar dentro do aparelho.

Com o objetivo de manter a pressão mínima dentro do cilindro e não deixar também que ela seja excedente e apresente riscos à integridade física dos trabalhadores.

Os parâmetros de máximo e mínimo são determinados pelos fabricantes, após uma série de teste realizados no equipamento, por isso a instalação e parametrização do pressostato deve ser realizada por um profissional capacitado.

Com isso o compressor funciona de maneria funcional e segura dentro das fábricas.

Um dos processos que envolvem o compressor é a pintura eletrostática a pó que tem como objetivo realizar o revestimento, proteção e estética às peças e objetos de ferro, aço, alumínio e demais metais utilizados nas indústrias.

Processos de manutenção

Algo que a indústria não fica sem, são os processos de manutenção dentro de suas máquinas e ferramentas, sejam elas automatizadas ou não, o monitoramento e controle da qualidade é uma ação preventiva e econômica, que assegura a qualidade dentro da linha de produção evitando acidentes, paralisações e danos.

Dentro das atividades voltadas aos processos de manutenção há algumas que são mais simples e rotineiras e as mais complexas que são agendadas e acontecem periodicamente.

Com isso todas as máquinas e ferramentas são assistidas e passam a ter um prolongamento de sua vida útil nas fábricas.

Uma das atividades simples, mas necessária é o dressador de rebolo de esmeril que serve para afiar o rebolo e permitir que os processos de acabamento sejam realizados adequadamente.

Atualmente, é possível realizar três tipos de dressagem sendo elas, transversal, mergulho e de perfil. Cada modelo é responsável por um tipo de afiação.

Envolvendo diferentes processos, uns mais mecânicos e outros mais modernos e automáticos a metalurgia continua ativa e operante, permitindo que os produtos sejam fabricados com mais qualidade, facilidade e em um tempo menor, otimizando os processos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *