Aplicações de filtros industriais diferentes

Para manter a produtividade nos seus diversos segmentos, o setor da indústria necessita de peças e produtos, que auxiliem nesse processo para manter uma evidente relação custo-benefício.

Com características de melhor desempenho funcional, possibilidades de reutilização e facilidade no descarte de resíduos, há ferramentas que, quando bem aplicadas, contribuem ao planejamento e cronograma do setor em favor do seu grande mercado.

Além de profissionais técnicos e habilitados, para exercer a sua função e para executar seu serviço, é necessário que haja máquinas e ferramentas em alto nível de qualidade.

Saiba mais sobre a importância da limpeza da água

Para estabelecer o alto potencial produtivo dessas indústrias e em suas linhas de produção. A água é um dos suplementos mais utilizados e o mais essencial para o ser humano.

Entretanto, devido às suas inúmeras aplicações e usos, a sua procedência é, por vezes, contestada.

Para o uso doméstico e para a ingestão humana, a ausência de microrganismos patogênicos (que geram infecção ou doenças infecciosas) e agentes tóxicos garante a sua utilização e o seu consumo.

Para melhorar e garantir a qualidade dessa água, alguns locais instalam filtros de areia para tratamento de água como, por exemplo:

  • Residências;
  • Sistemas prediais;
  • Condomínios;
  • Escolas;
  • Bares e restaurantes;
  • Clubes esportivos.

Esses filtros são responsáveis pela entrada de grãos de areia e resíduos nos sistemas de entrada de água desses locais.

Desta forma, evita a formação das incrustações – crostas de sujeiras – que se formam em tubulações e prejudicam alguns equipamentos como, por exemplo, o chuveiro nos usos domésticos.

E prolonga a vida-útil da caixa d’água e, ainda, descarta as manutenções de limpeza desnecessárias. Além disso, oferece água de melhor qualidade em todos os pontos de uso instalados no local para saneamento básico.

O oferecimento de água pura e cristalina atende aos quesitos físicos, químicos e bacteriológicos, estipulados pela

Portaria 518/04 do Ministério da Saúde.

Conheça os modelos de filtros que podem ser utilizados na indústria

Um filtro eficiente para melhorar a qualidade da água, é o filtro de carvão. Diferente do filtro de areia, este filtro oferece ao recurso hídrico, a remoção de componentes.

Como, por exemplo, cloro, sedimentos de solo ou rochas e substâncias orgânicas, que podem atribuir sabor e/ou odor na água.

Além de ser fundamental no processo de purificação da água, este equipamento pode ser instalado em purificadores de ar, processadores de gases industriais e até máscaras com respirador, para os profissionais do setor de mineração, por exemplo.

O orçamento do filtro de carvão ativado preço dependerá do local que será instalado e para qual finalidade será sua aplicação.

Dentre as características que esse filtro pode apresentar, se destacam: a capacidade de remover partículas finíssimas de resíduos.

Os poros de carvão são todos posicionados na superfície desse equipamento. E, quando entram em contato com os contaminantes, são altamente eficazes na remoção das partículas.

Portanto, quando mais lento for o processo de passagem da água por esse sistema de poros de carvão, maior será a quantidade removida de contaminantes na filtragem, resultando em um melhor tratamento de água.

Assim, os usuários receberão água com mais qualidade, livre de sabor e odor e própria para o consumo e produção.

Já nos sistemas pneumáticos, com as máquinas que funcionam através do ar comprimido, sobretudo do setor industrial automotivo, é fundamental que haja a instalação de filtro regulador e lubrificador nos sistemas mecânicos.

Esses filtros permitem que o ar que sai das válvulas pneumáticas e dos cilindros pneumáticos, seja livre de contaminantes que resultam do óleo, da água e de outros resíduos que possam infectar o sistema de ar comprimido.

Se dependesse apenas da emissão do ar pelo compressor, este seria liberado de forma quente, suja e úmida.

Após o processo de filtragem nesses equipamentos, como o próprio nome indica, o ar é regulado e lubrificado.

Desta forma, ele não se torna responsável pela má funcionalidade do sistema pneumático, pela danificação dos componentes e nem pela redução de vida-útil do equipamento.

Enquanto o filtro regulador é responsável por controlar e ajustar a pressão, em alta ou baixa, o filtro lubrificador é responsável pela adição controlada de óleo.

A fim de reduzir o atrito e o desgaste dos componentes dentro do sistema. Essa lubrificação permite, portanto, o aumento de vida-útil das ferramentas pneumáticas como, por exemplo, as válvulas, os cilindros, os motores e outros componentes a ar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *