A utilização da energia para pequenos itens da indústria

A energia elétrica é empregada em vários ramos e não só industriais, mas também em residências e atualmente é algo insubstituível, sendo parte vital de variados tipos de sistemas que respondem a bairros, cidades e estados.

Para se ter uma ideia, muitos equipamentos não funcionam sem a energia elétrica e muitos desses equipamentos vitais são pequenos, porém, eficientes. Mais ainda, atualmente, é impossível imaginar qualquer funcionamento normal de vida sem a eletricidade.

Iremos abordar durante este artigo os principais equipamentos de pequeno porte que apresentam funções vitais em indústrias e iremos ver algumas curiosidades e funcionalidades desses dispositivos. Para se manter informado fique atento até o fim do artigo.

RFID e sensores na indústria

O funcionamento de uma grande parte de maquinários industriais está diretamente relacionada com os sensores, pois eles proporcionam segurança e são dispositivos que permitem o acionamento e desligamento de forma automática de vários dispositivos.

Além disso, em alguns casos, eles ainda guardam informações que podem aumentar a produtividade dos setores.

Vamos entender agora como esses equipamentos funcionam e quais são suas aplicações em diversas indústrias.

1. O uso do RFID

O sistema RFID (Radio-Frequency IDentification – Identificação por radiofrequência) é utilizado em muitos setores para a veiculação rápida de informações por etiquetas, trazendo diversos benefícios, como:

  • Aumento da eficiência da cadeia de abastecimento;

  • Gerenciamento do estoque em tempo real;

  • Gerenciamento de reposição de material;

  • Controle de datas de vencimentos e prazos.

Além dessas vantagens, é possível encontrar sistemas especializados em algumas aplicações, voltadas para o gerenciamento de estoque ou até mesmo para o controle de vendas.

Esse sistema trabalha por meio da radiofrequência para armazenar dados em etiquetas que possuem códigos (normalmente muito parecidos com os códigos de barras) e com um leitor óptico e de fácil acesso a essas informações.

Pode parecer um simples dispositivo, mas ele garante alta produtividade em diversos setores.

2. Sensor magnético

Já o sensor magnético possui diversas aplicações, pois o magnetismo dá a este dispositivo uma maleabilidade muito alta e, dependendo das configurações a que ele for submetido, é possível fazer certas aplicações bem específicas.

Normalmente, este dispositivo trabalha com a função de emitir um campo magnético e, quando algum dispositivo entra neste campo uma corrente elétrica é ativada e aciona o sistema interno (composto por bobinas e imãs) que aplica alguma função pré-programada, normalmente a de ligar ou desligar o sistema interligado ao sensor.

Vale destacar que esse equipamento possibilita regular a distância em que o aparelho acionará o sistema de emergência.

Existem muitas formas de cuidar do ambiente industrial, desde a qualidade do ar até nas questões emergenciais, por conta disso iremos abordar a seguir os principais dispositivos para tornar o ambiente mais confortável e propício para o desenvolvimento do trabalho.

Cuidando do ar: Utilizando o ozônio

Existem muitos tipos de purificadores de ar no mercado, mas poucos são realmente naturais como o ar produzido pelo gerador de ozônio.

Isso acontece pois esse equipamento utiliza o oxigênio e, a partir de uma placa de plasma frio, realiza a transformação em ozônio.

O material resultante desse processo químico tem propriedades corrosivas para a matéria orgânica que podem estar contaminando o ar, gerando um leve mau cheiro no ambiente.

No entanto, ele é altamente eficaz além de não poluir o ambiente.

Atenção extra para a iluminação

Dentre os vários dispositivos disponíveis para realizar este procedimento, a luminária industrial led é a mais recomendada por ser extremamente eficaz para iluminar cantos escuros e também pela economia que proporciona.

Normalmente, esse tipo de luminária conta com um material no seu entorno que reflete a luz, ampliando ainda mais as suas propriedades luminosas.

Além disso o led é, em média, 70% mais econômico que uma lâmpada comum, um diferencial muito eficaz para setores que têm produções em larga escala.

Conversor CC

Os conversores são peças indispensáveis para a rede elétrica de qualquer indústria, pois eles que realizam a conversão da energia inicial (proveniente da distribuidora) para a rede comum de eletrônicos do local.

É possível encontrar diversos tipos de conversores no mercado, porém, o conversor cc é o modelo mais utilizado quando se necessita de tensões e voltagens específicas, pois ele consegue alterar a frequência de distribuição sem mexer na voltagem (V) da corrente.

Botão de emergência

Como nas indústrias é normal utilizar maquinários pesados que possuem pontas afiadas e até braços extremamente pesados, o botão de emergência é um dispositivo essencial.

Normalmente este item é em cor vermelha, grande e redondo para a fácil identificação. Quando pressionado o botão realiza o desligamento imediato do equipamento que está fixado, o que é muito necessário nos casos em que o colaborador se acidenta com o maquinário ou outros imprevistos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *