5 curiosidades sobre motores na indústria

Os motores fazem parte de nosso cotidiano, e desde que foram inventados tem ganhado espaço em diversas atividades. Na indústria o seu uso é fundamental, pois sem ele todo o funcionamento de maquinários seria comprometido.

Curiosidades de motores na indústria

A versatilidade dele no ramo industrial o tem dado as mais variadas utilidades. Aqui estarão listadas 5 curiosidades dessa peça imprescindível no cotidiano de todos.

1. Os motores industriais são grandes consumidores de energia

Por conta do complexo processo de produção mecânica de diversos produtos, os motores acabam consumindo muita energia.

Por isso é necessário até que o industrial consulte a concessionária de energia para saber de há a disponibilidade de atenderá as demandas do empreendimento. Isso é um dos fatores de encarecimento dos produtos fabricados.

O inversor de frequência, é muito útil quando o assunto é o controle de energia, pois sua função é alterar a frequência norma de um motor que gira em torno de 50 Hz e 60 Hz para outras modalidades de alimentação, o que pode proporcionar um uso menor de energia por parte do maquinário.

Embora existam diversos tipos de estudos envolvendo os motores, ainda há muito a ser descoberto para gerar o seu melhoramento.

2. A eficiência depende de cálculos precisos

O rendimento de um motor é expresso por uma fórmula da física, que envolve os conceitos de potência de saída (potencia elétrica na saída do aparelho) e potencia de entrada (potência elétrica introduzida no aparelho).

Por conta da potência da saída ser sempre muito menor do que a potencia de entrada o rendimento máximo gira em torno de 27. Alguns processos envolvem diversas etapas e o rendimento final é a soma dos rendimentos de cada etapa.

A funcionalidade pode ser garantida pela rebobinagem de motores, que ajuda no melhoramento do rendimento que paulatinamente é perdido por conta do tempo de uso.

3. Não existe um motor com rendimento total

Apesar de todos os esforços já feitos pelos cientistas e engenheiros voltados aos estudos de melhoramento do rendimento dos motores, ainda não foi possível se chegar ao rendimento absoluto.

De acordo com um difundido conceito da Máquina de Carnot (usada para calcular a viabilidade de uma máquina para a colação na indústria), é sabido que o rendimento é máximo trabalhando entre dadas temperaturas, mas isso fica apenas no campo teórico, dado que ainda é impossível obter um rendimento total.

A usabilidade e a durabilidade são características indispensáveis para um bom motor.

4. O motor de corrente alternada proporciona ótimo desempenho

O motor de indução trifásico possui corrente alternada o lhe proporciona um bom rendimento e que por isso lhe permite ser empregado em diversos processos de fabricação.

Há uma distinção entre síncronos e assíncronos, o primeiro tem rotação proporcional a corrente e o segundo não velocidade de rotação proporcional a frequência de sua alimentação.

Outra diferenciação é feita entre os motores monofásicos e trifásico, o primeiro é alimentado por um sistema que possui apenas um conjunto de bobinas e sua alimentação é feita por uma fase de corrente alternada, e o segundo depende do modo mais comum de geração de energia, pois incorpora o uso de três ondas senoidais balanceadas defasadas em 120° entre si a fim de equilibrar o sistema garantindo-lhe maior eficiência.

O servo motor é uma maquina síncrona de corrente alternada e é importantíssima na indústria náutica e de modelismos e afins.

5. Os motores elétricos são os mais versáteis

Depois do aperfeiçoamento do uso da eletricidade ao longo dos séculos, ela foi incorporada na indústria promovendo a II Revolução Industrial. A partir disso se observa o maciço uso da eletricidade por parte dos motores, que agora não mais dependem de carvão para o seu funcionamento.

Ele transforma a energia elétrica em mecânica, e traz diversos benefícios como baixo custo, fácil mobilidade, higienização e fácil comando. Os motores elétricos são hoje os mais usados pela indústria em sua cadeia de produção.

Um pouco mais sobre engenharia mecânica

A partir dessas curiosidades pode-se conhecer um pouco mais das peculiaridades dos motores, estes tão fundamentais em todos os ramos de indústrias.

A engenharia mecânica vem realizando cada vez mais relevantes descobertas sobre estes equipamentos e suas diversas aplicabilidades, os avanços feitos contribuem para um processo de constante aperfeiçoamento, o que proporciona melhores produtos disponíveis no mercado, que podem atender a demandas específicas e gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *